VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • ÁGATA - Operação conjunta do exército e forças de segurança já atingiu mais de R$ 22 milhões
ÁGATA - Operação conjunta do exército e forças de segurança já atingiu mais de R$ 22 milhões
  • Fonte: Da Redação (Com informações da 17ª Bda Inf Sl)
  • Publicada em 12/05/2018 às 11:31
A 17ª Bda Inf Sl atuou com o efetivo de 901 militares e teve o apoio de 367 integrantes dos órgãos parceiros; os resultados estimados dessa operação está em R$ 22.150.000

Desde o dia 6 de maio último, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) iniciou a Operação Ágata – Ajuricaba I em sua área de sua responsabilidade, nos estados de Rondônia, Acre e no sul do Amazonas, com o objetivo de coibir delitos transfronteiriços como narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, além de combate a crimes ambientais e garimpos ilegais, colaborando com a melhoria da segurança no extremo noroeste do País.

As ações vêm abrangendo operações de patrulhas e inspeções nos principais rios, estradas e aeródromos e áreas ambientais, sendo uma operação interagências que envolve diversas Instituições como Polícia Federal (PF), Policia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (IBAMA), Secretarias Estaduais de Saúde de Rondônia e Acre, Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), Órgãos de Segurança Pública (OSP) dos estados de Rondônia, Acre e Amazonas, entre outros parceiros.

A 17ª Bda Inf Sl atuou com o efetivo de 901 militares e teve o apoio de 367 integrantes dos órgãos parceiros, empregando 68 viaturas e 11 embarcações, além de 3 helicópteros, sendo 2 do Exército e 1 da Polícia Militar de RO.

Até o presente momento, os resultados tangíveis estimados dessa operação está em R$ 22.150.000,00: a) Inspeções: 111 inspeções de embarcações, 1.246 vistorias de motos, 1.667 vistorias de veículos leves, 204 vistorias de caminhões, 66 vistorias de ônibus e vans, 122 vistorias de pedestres e bicicletas, 2 inspeções de aeródromos, 5 inspeções de aeronaves, 1 constatação de pista de pouso clandestina ou não regularizada, e 18 madeireiras b) Patrulhas: 41 patrulhas terrestres, 13 patrulhas navais e fluviais, e 26 patrulhas de reconhecimento aéreo. c) Apreensões mais significativas: 3 embarcações, 5 motos, 27 armas, 7.350 munições, 26.500 m³ de madeira, maquinários e ferramentas diversos, pequenas quantidades de drogas, combustível, carne e valores em espécie. d) Prisões: 3 Autos de Prisão em Flagrante Delito (APFD). e) Fiscalização de Produtos Controlados: 3 fiscalizações em pedreiras, 3 fiscalizações de pessoas jurídicas, 1 fiscalização de pessoa física, com 1 empresa autuada. f) Infrações: 22 autos de infração de trânsito e 3 multas ambientais.

A Operação Ágata – Ajuricaba I tem também uma vertente social de apoio humanitário, e se estendeu pelas comunidades adjacentes aos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF) e comunidades onde se desenvolvem as atividades operacionais.

Nessas Ações Cívico Sociais (ACISO), foram realizados 1.184 atendimentos médicos, 751 atendimentos odontológicos, 18 atendimentos psicopedagógicos, 136 procedimentos diversos de prevenção de saúde, 452 cirurgias, 61 exames, 338 distribuições de medicamentos, e 22 vacinações, que somados possuem um valor estimado de R$ 723.650,00.

  • Atualizada em 12/05/2018 às 11:43:35