VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • MP ajuíza ação contra o Estado por omissão e negligência na saúde em Cacoal
MP ajuíza ação contra o Estado por omissão e negligência na saúde em Cacoal
  • Fonte: Da Redação
  • Publicada em 12/03/2018 às 09:45
Com apenas duas ambulâncias para atender quase 800 mil pessoas, o inquérito civil público apontou para a necessidade de mais unidades de saúde móvel para atender a população

Chamando o Estado para cumprir com a sua responsabilidade, o Ministério Público, através da Promotoria de Justiça de Cacoal ajuizou uma ação civil pública contra a falta de estrutura em transporte para atender a população de Cacoal. Em um prazo de 30 dias, a Secretaria de Saúde (sesau) deve disponibilizar no mínimo quatro ambulâncias para atender a demanda do Complexo Hospitalar Regional.

O complexo de saúde de Cacoal atende uma população de aproximadamente 800 mil habitantes contando com os atendimentos dos municípios vizinhos. O inquérito civil público, instaurado em 26 de fevereiro, constatou que das três ambulâncias que compõe o sistema de saúde, apenas duas estão em pleno funcionamento.

Classificada como “absoluta omissão e negligencia”, o Ministério Público fez o requerimento para que seja aplicada a multa de R$ 1 mil por dia até que as unidades sejam providenciadas.

Das quatro ambulâncias que são pedidas, a exigência mínima é que pelo menos duas sejam UTI ou semi UTI.

  • Atualizada em 12/03/2018 às 09:45:11