VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • O que duas noite de bebedeira por semana podem fazer com seu corpo
O que duas noite de bebedeira por semana podem fazer com seu corpo
  • Fonte: Lucas Curado - fatosdesconhecidos.com.br
  • Publicada em 17/03/2018 às 10:43
Seu corpo pode até ser mais saudável e mais resistente agora, porém a longo prazo pode trazer prejuízos

Então quer dizer que você anda bebendo toda sexta e sábado? Você pode até pensar: "Ah, mas sou jovem, por agora está tudo bem..."Quem nos dera se as coisas fossem fáceis assim. Nosso corpo reflete nossos hábitos ao longo do tempo que envelhecemos. Tudo o que você faz nos seus 20 anos terá influência no futuro. A bebida não se exclui dessa regra.

Seu corpo pode até ser mais saudável e mais resistente agora. Contudo, o álcool mexe com muitas áreas do cérebro e do restante do corpo que podem te afetar lá na frente. O segredo é beber com moderação e entender os ciclos do seu corpo. Beber mais de duas vezes por semana pode sim ser ruim pra você e nós vamos te falar o motivo.

Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você uma matéria sobre um dos maiores passatempos entre os jovens... O álcool. Muitos de nós adoramos um cervejinha depois da faculdade ou no fim do expediente, porém, devemos tomar bastante cuidado com o que estamos fazendo. Beber pode até ser algo legal, prazeroso e socialmente aceito, mas nem por isso quer dizer que não possua seus riscos.

Quais os riscos?

Não são todas pessoas que sabem, mas a ingestão de álcool pode levar a um quadro de obesidade. Contudo, o que mais pode prejudicar você em seus 20 poucos anos de vida são os "vacilos" que você dá. Além do álcool nessa idade poder diminuir a eficiência do seu fígado, ele também pode levar você a uma serie de problemas, como dificuldade de lembrar das coisas. Talvez você não note tanto, mas a longo prazo, as coisas podem ficar feias.

Quando falamos "vacilos", nós queremos dizer acidentes, brigas, machucados e o aumento da dificuldade de alcançar seus objetivos. Talvez esse seja o maior problema de beber nessa idade pelo menos duas vezes por semana. Mesmo porque isso esteja ligado aos problemas citados anteriormente.

Álcool e depressão

A depressão é um problema que está cada dia mais presente em nossa sociedade. O álcool por si só é um depressivo. No primeiro momento você pode até sentir mais eufórico e até "esquecer" seus problemas, mas nas horas que se seguem depois disso o efeito pode te trazer problemas. Se você já possui um diagnostico depressivo, o melhor a se fazer é não beber. A maioria das tentativas de suicídio e automutilação possuem influência do álcool.

Não somente isso, o álcool também pode viciar e o alcoolismo não algo tão simples assim de se lidar. Recentemente , pesquisadores inclusive observaram a forma que a ingestão de álcool pode causar danos cerebrais em pessoas que estão por volta de seus 40 anos de idade.

Câncer e álcool

Pessoas que bebem com certa frequência podem desenvolver câncer mais facilmente. Aos 20 anos, pessoas que bebem muito tem maiores chances de ter câncer aos 40 e 50 anos. Claro, esse risco não é tão "forte" quanto a relação "cigarro e pulmão", mas ainda sim existe um risco acrescido. Além de câncer, seu fígado poderá ter uma perda de eficiência ao longo que o tempo passa.

Nós estamos falando para você parar de beber? Não, isso é um a opção sua. Contudo, devemos entender os riscos do consumo de qualquer tipo de substância. O consumo de álcool no Brasil é relevante e problemas que envolvem jovens são igualmente preocupantes. Beba com moderação, beba com responsabilidade.

 

 

  • Atualizada em 17/03/2018 às 10:47:13