VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • Racha de poderes na OAB/RO resulta em vídeo e coletiva de imprensa para esclarecimentos
Racha de poderes na OAB/RO resulta em vídeo e coletiva de imprensa para esclarecimentos
  • Fonte: Da Redação - (Marcos Souza) - Foto: Paulo Henrique
  • Publicada em 05/07/2018 às 18:43
A vice-presidente da OAB, Maracélia Oliveira, convoca imprensa para dar resposta a vídeo divulgado pelo presidente, Andrey, sobre exonerações

Um claro racha na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Rondônia, tomou conta nos últimos dias com proporções midiáticas e que pode vir a manchar o nome da instituição, mesmo com esclarecimentos entre o presidente Andrey Cavalcante, e a vice-presidente Maracelia Oliveira, que até quarta-feira (04) ainda presidia a Comissão de Prerrogativas da instituição.

A exoneração da vice presidente do cargo foi exposta na internet, através de rede social e um noticioso, em resposta o presidente da OAB-RO, Andrey Cavalcante, divulgou um vídeo com esclarecimentos. A guerra de informações rendeu a convocação de uma coletiva por parte da vice-presidente, que fez alguns esclarecimentos a respeito da situação e rebateu críticas e posicionamento de Andrey.

O estopim dessa exoneração, que acabou não só afetando Maracelia, mas a sua equipe da Comissão de prorrogativas, 15 advogados – todos exonerados –, foi na reunião da Conselho Deliberativo ocorrido na última sexta-feira (29), quando nesse encontro, que é realizado uma vez por mês, Andrey não permitiu que a então presidente da Comissão assinasse um documento para que fosse liberada a saída de um advogado da Penitenciária Estadual Edvan Mariano Rosendo, o “Pandinha”, e com isso causou um mal estar entre ela e o presidente.

Diante desse fato, Andrey Cavalcante, divulgou um vídeo onde faz um breve discurso de seu posicionamento quanto a exoneração e acusou a sua vice-presidente, uma vez com a Comissão de Prerrogativas, ter desafiado a sua autoridade como presidente, inclusive em manifestações nas redes sociais.

“No primeiro momento, pensei que o desapreço a gestão que lhe deram ficaria confinado apenas a atos isolados, sem prejuízo ao cumprimento da grande missão que nos foi confiada pela advocacia, mas assim não tem sido, as manifestações públicas em redes sociais tem se somado e reintegrado atos institucionais que desafiam a autoridade da presidência”, afirma Andrey.

Em determinado momento do seu vídeo de esclarecimento, Andrey diz que Maracélia vem exercendo uma “gestão paralela” dentro da OAB-RO. “Criou-se uma agenda própria, tal qual uma gestão paralela. Promove-se diálogo com outras instituições propositadamente apartada da gestão que presido. E mais grave, em desalinho com as premissas que acreditamos”, ressaltou Andrey.

Em resposta a esses apontamentos em vídeo divulgado por Andrey, Maracelia respondeu de forma direta e objetiva o que estaria ocorrendo dentro do cerne do poder da OAB-RO.

Sobre a “gestão paralela” a que Andrey se referiu, Maracelia definiu como o centro de todas essas ações de ruptura que acabou causando uma guerra interna entre ela e Andrey. Segundo a advogada, ela desde 2013 vem exercendo a sua função de forma exemplar a frente da Comissão de Prerrogativas, com um empenho que acabou gerando elogios de opositores e coube até um prêmio da OAB de Alagoas, quando então em fevereiro desse ano ela anunciou a ele que não estariam mais juntos.

Sobre o fato do que ocorreu na sessão de sexta-feira, Maracélia disse que Andrey se recusou a assinar um documento da Comissão de Prerrogativas quando viu que ela também teria que assinar, gerando, segundo ela, um mal estar muito grande, pois isso era um ato normal.

De acordo com Maracélia, a partir dessa ruptura o trabalho da Comissão de Prerrogativa começou a ser “boicotado” pela presidência e causar atos prejudiciais, inclusive a companheiros do interior. E ela como presidente da Comissão divulgava as ações em redes sociais para demonstrar transparência de seus atos, assim como mostrar que a Comissão tinha o compromisso de seguir a risca a obediência legal das prerrogativas dos advogados, como assim coube a ela em um cargo de extrema confiança e dedicação.

Ainda na coletiva Maracélia disse que o atual advogado que assumiu a presidência da Comissão de Prerrogativas, Fernando Maia, é um excelente profissional e que a nova equipe formada por novos advogados vai continuar exercendo com afinco o legado da Comissão anterior.

A atual presidência da OAB RO segue até o final desde ano, quando Andrey e Maracélia, cumpre o segundo mandato e com o racha seguem caminhos políticos diferentes. Maracélia deve sair em uma chapa e Andrey deve apoiar candidato de uma chapa opositora.

“Reitero meu posicionamento gravado em vídeo sobre a exoneração de membros das prerrogativas. Vamos  seguir  em frente e continuar a fazer da nossa Ordem o escudo da sociedade e o alicerce da advocacia”, disse Andrey Cavalcante, em contato com a reportagem do Orondoniense.

Diante do furacão que abateu a Ordem dos Advogados do Brasil em Rondônia, advogados esperam que apenas normas e responsabilidades de prerrogativas sejam obedecidas dentro do estabelecido, sem que manche ou desabone a instituição que é referência de ordem e justiça.

 

  • Atualizada em 06/07/2018 às 10:07:09