VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • Semana da Paz é disseminada nas escolas e órgãos públicos
Semana da Paz é disseminada nas escolas e órgãos públicos
  • Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional do TJ-RO
  • Publicada em 13/03/2018 às 10:02
Comarcas de todo o estado fazem balanço da atividade da Semana da Paz em Casa

Atividade que atende a orientação do CNJ – Conselho Nacional de Justiça e da Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça, entre 5 e 9 de março, para a realização da décima edição da Campanha.

Machadinho do Oeste

O Núcleo Psicossocial da Comarca de Machadinho do Oeste, promoveu visitas nas escolas para divulgar a “Semana pela Paz em Casa”, que teve como objetivo conscientizar os estudantes e educadores sobre a necessidade de prevenir e combater a violência doméstica contra a mulher, já que a escola tem um papel fundamental na prevenção e desconstrução dessas agressões intrafamiliares.

Também foram realizadas visitas nos órgãos públicos do município com o propósito de torná-los parceiros da campanha e multiplicadores de informações, pois esses profissionais atendem grande público diariamente.

Os trabalhos de orientação e divulgação do material informativo foram realizados nas escolas estaduais Joaquim Pereira da Rocha, Alberto Nepomuceno, Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos Paulo Freire, além da Secretaria Municipal de Ação Social e Prefeitura Municipal de Machadinho do Oeste.

Cerejeiras

A Comarca de Cerejeiras participou no dia 8 de março da Programação da Escola Estadual “Osvaldo Piana”, no município de Corumbiara-RO, atividade dirigida às alunas do ensino médio, no intuito de disseminar a cultura da paz nas relações familiares e a valorização da participação social das mulheres, garantindo que possam estar cientes sobre a luta pelos seus direitos, como a total igualdade entre os gêneros.

Desta forma, o NUPS contribuiu com a discussão da temática de forma dialogada e participativa junto às alunas, por intermédio da psicóloga Juliana Gualtieri e a assistente social Vanessa Simões de Freitas, que, de forma acessível, sensibilizaram o grupo para a questão de gênero e participação da mulher na sociedade.

Toda a programação contou com a coordenação e apoio do juiz diretor da Comarca de Cerejeiras, Jaires Taves Barreto. O evento ofereceu oportunidade para conscientização dos envolvidos sobre os aspectos causadores da violência, questão de gênero, a necessidade de mudanças de paradigmas nas relações familiares, prevenção e rompimento do ciclo de silêncio e violência.

Santa Luzia

Na comarca de Santa Luzia, o Núcleo Psicossocial programou a exibição de dois documentários que propõem a reflexão sobre a violência contra a mulher: Silêncio das Inocentes e Quem matou Eloá. A exibições foram realizadas todos os dias, as 9h, no auditório do Fórum, sempre com debate e distribuições de folder logo após a sessão.

Em frente ao fórum foi fixada faixa para chamar a população para participar da atividade

Pimenta Bueno

Projeto Aequalitas, que consiste no atendimento de homens e mulheres envolvidos em processos de Maria da Penha visando o estabelecimento de relações conjugais mais saudáveis.

Visita técnica no CRAS e no Conselho Tutelar de Primavera de Rondônia para divulgação do projeto do TJRO, concomitante com a distribuição de panfletos.

1º Grupo de Homens do Projeto Aequalitas no ano de 2018. Contou com a parceria do Departamento de Psicologia da Faculdade de Pimenta Bueno.

  • Atualizada em 13/03/2018 às 10:02:02