VOCÊ ESTÁ AQUI:
  • Vilhena analisa parceria com Sejus para reinserir apenados no mercado de trabalho
Vilhena analisa parceria com Sejus para reinserir apenados no mercado de trabalho
  • Fonte: Assessoria
  • Publicada em 17/05/2017 às 17:42
O encontro contou com a participação do gerente da Reinserção Social da Sejus, Anderson Dias, da presidente do Fundo Penitenciário Estadual Núbia Camacho, da subprocuradora do município, Márcia Helena Firmino, do diretor do presídio de feminino J

Na manhã desta quarta-feira, 17, a prefeita de Vilhena, Rosani Donadon (PMDB) recebeu a visita dos representantes da Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) para discutir a parceria para reinserir apenados no mercado de trabalho do município.

O encontro contou com a participação do gerente da Reinserção Social da Sejus, Anderson Dias, da presidente do Fundo Penitenciário Estadual Núbia Camacho, da subprocuradora do município, Márcia Helena Firmino, do diretor do presídio de feminino Jair Stiipp, e do diretor da Colônia Penal Alexandro Pereira da Silva.

Anderson Dias falou para prefeita sobre a possibilidade de firmar um termo de cooperação entre a prefeitura e a Sejus para permitir que o município contrate mão de obra de reeducandos do regime semiaberto do sistema penitenciário do Estado.

De acordo com Anderson Dias, a medida visa promover a readaptação, recuperação, ressocialização, reeducação dos detentos. Ele explicou que os apenados podem executar serviço de limpeza manutenção de praças e ginásios, iluminação pública, entre outros, trabalhos devidamente remunerados com um salário mínimo. “O trabalho dos apenados também é vantajoso para o município, pois não gera nem encargos sociais, muito menos encargos trabalhistas para a administração municipal”, explicou o Anderson Dias.

O servidor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Vilhena (SAAE) Rogério Araujo Vieira informou que atualmente a autarquia já emprega quatro apenados.  

No encontro, a prefeita Rosani Donadon disse que pretende contratar mais de 20 reeducados para trabalhar na limpeza da cidade. Eles deverão ser utilizados principalmente nos serviços realizados pelas secretarias de Obras, Educação e Saúde.

A prefeita adiantou que a parceria é importante para município.  “Essa é uma medida extremamente importante porque ao proporcionar um trabalho remunerado aos reeducandos do sistema prisional, estamos também preparando a reinserção deles na sociedade e contribuindo para dar uma nova oportunidade de vida para eles”, ressaltou a prefeita.  

  • Atualizada em 17/05/2017 às 17:47:41