Living

Por ciúmes da esposa, homem ateia fogo na própria casa em Linhares – A Gazeta ES

Um homem de 47 anos, que não teve a identidade divulgada, se apresentou à Polícia Militar e confessou que ateou fogo na casa em que mora com a esposa no bairro Interlagos, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, na manhã desta quarta-feira (3). A mulher estava trabalhando quando o incêndio atingiu o imóvel. 
A reportagem da TV Gazeta Norte apurou que o casal estava junto há quatro anos e brigava muito nesse período. O homem teria colocado fogo na residência por ciúmes. Não houve registro de pessoas feridas. 
De acordo com a PM, o suspeito foi conduzido até a Delegacia Regional de Linhares. A Polícia Civil informou que a ocorrência permanece em andamento. “Somente após a conclusão das oitivas da ocorrência teremos informações sobre o procedimento que será adotado pelo delegado da Central de Teleflagrante”.
Parte dos moradores das cidades de Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy, no Litoral Sul do Espírito Santo, ficaram sem luz na noite de quarta-feira (3). O apagão, segundo a concessionária de energia EDP, é investigado pela empresa.
A jornalista Célia Ferreira, que mora em Lagoa Funda, bairro de Marataízes, conta que ficou às escuras no início da noite e a energia voltou após cerca de 40 minutos, mas caindo em alguns momentos. Ela disse que da casa dela foi possível ver outros bairros da cidade na mesma situação.
Um internauta registrou que no Hospital Menino Jesus, em Itapemirim, também houve interrupções da energia durante a noite. A prefeitura, que administra o local, foi procurada pela reportagem, mas não havia se manifestado sobre o assunto até a publicação desta matéria.
Procurada por A Gazeta, a EDP, por nota, confirmou que na noite de quarta-feira houve uma ocorrência de falta de energia em parte de Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy. A concessionária disse que imediatamente equipes técnicas foram mobilizadas e o fornecimento de energia foi 100% normalizado. A causa da falta de energia está sendo investigada pela empresa.
Um capitão da reserva da Polícia Militar morreu em um acidente de trânsito na madrugada de quarta-feira (3) após bater em um poste de ferro, próximo ao antigo pedágio da Rodovia do Sol, na altura do bairro Recanto da Sereia, em Guarapari. Renato Alves Brandão tinha 57 anos e pilotava uma moto quando ocorreu o acidente.
A arma de fogo que estava com a vítima foi recolhida pela equipe da PM que atendeu a ocorrência. O Samu/192 chegou a ser acionado, mas foi constatada a morte do militar no local do acidente. A perícia da Polícia Científica foi chamada para recolher o corpo, que foi levado ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.
O acidente fatal será investigado pela Polícia Civil.
Polícia Civil concluiu nesta semana o inquérito do caso da motorista do carro que atropelou e matou Maria da Penha Zen Zonta, de 71 anos, em março deste ano, no bairro Santa Cecília, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Isabel Soares Barcelos foi indiciada pelo crime de homicídio culposo – quando não há intenção de matar, mas aconteceu devido a uma imprudência.
Em entrevista para A Gazeta, o delegado responsável pelo caso, Hédson Felix, titular da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Colatina, disse que aguardava pelo laudo do freio do veículo, um Hyundai HB20 branco, já que em um primeiro momento, a motorista relatou em depoimento que o automóvel tinha perdido o freio. No entanto, a vistoria apontou que não havia problemas mecânicos.
“Neste período nós ouvimos várias testemunhas, inclusive uma que presenciou, a senhora que estava junto da motorista. Solicitamos laudo pericial no local do acidente e também no veículo, porque em um primeiro momento, ela disse que o carro voltou em marcha ré e não tinha freio. O laudo apontou que estava tudo normal e, na verdade, houve imprudência, imperícia e negligência. A vítima estava sob a calçada. Concluímos que ela praticou homicídio culposo, quando não há intenção de matar”, afirmou o delegado.
O inquérito foi encaminhado para o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) e o caso segue em análise pelo órgão, que vai decidir se apresenta denúncia ou não. A pena máxima para o crime é de até 3 anos, mas pode ser aumentada se houver o entendimento de que existem elementos qualificadores de crime agravado.
Isabel vai responder ao caso em liberdade, já que não houve configuração de estado de flagrante, explicou Felix. No momento do acidente, ela permaneceu no local e ajudou a prestar socorro à vítima. A reportagem tenta contato com a motorista, e este espaço está aberto para manfestação dela.
Um músico de 57 anos foi preso nesta quinta-feira (4), em Mimoso do Sul, no Sul do Espírito Santo, em cumprimento de mandado de prisão temporária. Ele é suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos em Cachoeiro de Itapemirim em maio deste ano. Nomes do bairro e do indivíduo não estão sendo divulgados para preservar a identidade da vítima, como prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (Ecriad).
A Polícia Civil informou que no dia do crime o homem estava em Cachoeiro de Itapemirim, de moto, e ofereceu carona à vítima, que caminhava pela rua a caminho da casa da avó. A menina pegou a carona e o suspeito começou a dar voltas nas ruas até chegar a um local ermo. O suspeito teria tocado nas partes íntimas da menina, e, após a garota ficar nervosa, a levou de volta ao local onde deu a carona. 
Após a filha relatar o fato, a mãe da menina acionou a Guarda Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, que identificou o suspeito por meio de câmeras de seguranças na região. Policiais do Núcleo Especializado de Atendimento à Mulher (Neam) de Mimoso deram apoio à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) para realizar a prisão. O suspeito negou o crime, mas responderá pelo crime de estupro de vulnerável. Ele foi levado para o Centro de Detenção Provisória da Serra.
Uma operação realizada pela Polícia Federal em Vitória, deflagrada na manhã desta quinta-feira (4), prendeu um homem em flagrante e apreendeu armas ilegais de diversos calibres, drogas e radiocomunicador. Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, além da prisão em flagrante –todos na Capital, mas não há detalhes sobre os bairros onde os alvos estavam. A ação  foi realizada para combater o tráfico ilegal de armas de fogo.
Segundo a investigação da PF, a comercialização das armas acontecia na Grande Vitória por meio de aplicativo de mensagens. A organização criminosa alvo da corporação recebia o armamento do exterior e negociava com os interessados. Foram identificadas ao menos 20 transações de armas de fogo, segundo a corporação.
Durante o cumprimento dos mandados nesta quinta-feira (4), foram apreendidos celulares, uma pistola 9 mm, uma pistola .380, um carregador de pistola 9 mm, dois carregadores PROMAG DRUM (rajada), 110 munições calibre .380, 66 munições calibre 9mm, sete ampolas de morfina, uma ampola de haloperidol, dois papelotes de drogas, diversos acessórios de armas de fogo e um rádio comunicador. O homem preso estava com arma de fogo, munições de uso restrito e drogas. O nome dele não foi divulgado.
As penas previstas para os crimes de organização criminosa, tráfico e comércio de arma de fogo de uso restrito e drogas, somadas, podem chegar a mais de 20 anos de reclusão. A investigação continuará para apuração de eventuais outros envolvidos e completa desarticulação da associação delitiva.
O deputado estadual João Coser (PT) vai se afastar por 120 dias da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), para se dedicar à eleição deste ano, na qual é pré-candidato a prefeito de Vitória. O pedido de licença sem vencimentos de suas atividades parlamentares foi protocolado na Casa de Leis na quarta-feira (3), e o afastamento começa nesta quinta-feira (4).
Para alguns cargos, é necessário fazer a desincompatibilização para concorrer nas eleições. Mas, no caso de deputados estaduais, federais, distritais, senadores e vereadores, isso não é necessário, conforme as diretrizes da Justiça Eleitoral. 
De acordo com João Coser, sua decisão condiz com sua forma de trabalhar. “Durante toda minha vida política, sempre fui um homem muito responsável com o dinheiro público. É com essa consciência e conduta que peço licença das minhas atividades como deputado estadual para me dedicar integralmente à pré-campanha e à campanha eleitoral para prefeito de Vitória”, declarou. 
Um jogo da Copa Espírito Santo, competição entre times profissionais de todo o Estado, foi interrompido por um motivo inusitado na noite de quarta-feira (3): Uma fumaça, semelhante a uma neblina, causou a paralisação da partida entre Real Noroeste e Vitória, que acontecia em um estádio de Barra de São Francisco, na Região Noroeste.
A fumaça branca, que atrapalhava a visualização de quem acompanhava o jogo, foi gerada por um carro do fumacê – veículo responsável pela pulverização do inseticida para matar o mosquito transmissor da dengue e de outras doenças. A partida ficou paralisada por quase quatro minutos, até que fumaça se dissipasse e os atletas pudessem voltar a jogar.
A partida foi interrompida aos 26 minutos do primeiro tempo, após uma conversa do árbitro com os atletas das duas equipes. Foram cerca de 3 minutos e 40 segundos até que as equipes voltassem a campo. Conforme explicado pelo repórter Ceará, que esteve na transmissão ‘in loco’ do jogo pela Alvianil TV, canal no YouTube que transmitiu a partida, o estádio fica próximo a um rio no município e o carro do fumacê passou algumas vezes pelas ruas próximas ao campo.
O fumacê é uma medida adicional no combate ao Aedes aegypti. A fumaça é um inseticida, que costuma ser misturado com solventes. Segundo o Ministério da Saúde, o uso do fumacê altera o sistema nervoso dos mosquitos após o contato, causando a morte do inseto. A exposição prolongada ao fumacê pode fazer mal à saúde.
Após a interrupção, a partida seguiu normalmente e terminou com o placar de 2 a 1 para o Vitória. O jogo foi válido pela primeira rodada da segunda fase da Copa Espírito Santo. Ao fim da segunda fase, o líder do grupo avança à final, marcada para o dia 24 de agosto.
Um suspeito de integrar um grupo que atuava no tráfico de drogas na Rua da Bacia, em Marataízes, Litoral Sul do Espírito Santo, foi preso na tarde desta quarta-feira (3) no bairro Barra de Itapemirim. Leonardo da Silva Moreira, conhecido como “Léo Tubarão”, de 31 anos, foi denunciado por tráfico de drogas e associação para o tráfico, segundo a Polícia Civil.
De acordo com o delegado de Marataízes, Thiago Viana, o suspeito foi preso por meio cumprimento ao mandado de prisão preventiva. “O mandado de prisão foi expedido após investigação policial que desbaratou uma associação criminosa formada por quatro traficantes que atuavam na rua da bacia, em Marataízes. Léo Tubarão é o segundo preso dessa associação, estando ainda dois traficantes foragidos, dentre eles o líder da associação, conhecido como Renato “Careca”, informou o delegado.
O preso foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Marataízes, onde ficará à disposição da Justiça.
Uma ciclista acabou ferida após ser atingida na lateral por um ônibus, enquanto pedalava às margens da rodovia ES 060, em Ponta dos Castelhanos, município de Anchieta, Litoral Sul do Espírito Santo. A vítima, segundo os militares, sofreu uma fratura na perna e foi encaminhada para unidade hospitalar na Grande Vitória.
O acidente aconteceu na manhã de terça-feira (2). Quando os militares chegaram na rodovia, ônibus e ciclista já não estavam mais no local. A guarnição foi ao Pronto Atendimento de Anchieta no momento em que a ciclista era transferida.
Em conversa com a mulher, ela informou que seguia pela ciclovia e ao atravessar a rodovia, colidiu com o ônibus. Segundo o motorista do coletivo, ele estava na mesma direção que a ciclista, quando ela atravessou de forma repentina, sendo inevitável a colisão.
Segundo a Polícia Civil, nos acidentes em que não há vítimas e nenhum detido em flagrante, mas ocorre lesão corporal, a legislação exige a manifestação da vítima quanto ao interesse em iniciar uma ação penal. A Polícia Civil orienta a vítima a dirigir-se à delegacia de seu bairro de residência para registrar uma representação contra o autor, utilizando o boletim do acidente como uma das provas.
A reportagem de A Gazeta tenta contato com a Viação Planeta e o espaço segue aberto. 
O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), deputado Marcelo Santos, oficializou, na tarde desta quarta-feira (3), sua filiação ao União Brasil, após ter anunciado saída do Podemos, partido pelo qual foi eleito para seu sexto mandato consecutivo no pleito de 2022. A confirmação ocorreu por meio de publicação nas redes sociais do parlamentar.
A filiação de Marcelo ao União ocorre em meio a especulações de que ele estaria interessado em presidir a legenda em âmbito estadual. Porém, o partido já tem um presidente eleito com mandato válido até 2027. O comando da sigla em território capixaba está a cargo do secretário de Estado de Meio Ambiente, Felipe Rigoni.
Em conversa com a reportagem de A Gazeta no último dia 21, Marcelo admitiu à reportagem ter recebido do presidente nacional do União, Antônio Rueda, convite para fazer parte da legenda. Na mesma ocasião, parlamentar também confirmou interesse em presidir a sigla, caso, segundo ele, fosse lhe dada essa oportunidade.
Já Rigoni, em evento partidário realizado no último sábado (29), em Vitória, reforçou o discurso de que seguirá como presidente do União até a conclusão de seu mandato à frente da Executiva estadual da legenda. “Sou o presidente do União no Espírito Santo e o resto é conversa”, afirmou o secretário ao discursar para apoiadores e correligionários.
Os condutores que precisarem acessar Terceira Ponte em Vitória devem ficar atentos às mudanças no trânsito na região. Após obras realizadas pela prefeitura, ocorreram alterações nos acessos pela Praia do Canto e por Praia de Santa Helena. 
O acesso à Terceira Ponte pela rua Dukla de Aguiar, que estava fechado para obras de mobilidade, agora está liberado e o trânsito na via não é mais mão dupla: o único sentido passa a ser em direção à Terceira Ponte. Os condutores que seguem pela Avenida Desembargador Santos Neves ou pela Cézar Hilal podem acessar a ponte por essa rua.
Os motoristas que passam pela Avenida Nossa Senhora da Penha e seguem para a Terceira Ponte pela Praça do Cauê não poderão mais virar à direita na rua Almirante Soído. Essa via passou a ter sentido invertido, com mão única saindo da Dukla de Aguiar até a Praça do Cauê. 
A Guarda Municipal vai atuar na região durante os próximos dias para orientar os condutores, que devem ter atenção às modificações viárias realizadas pela Prefeitura de Vitória.
No comando de Fundão pelos últimos quatro anos, o PSB, do governador Renato Casagrande, vai emplacar o pré-candidato a vice na chapa do PSD nas Eleições 2024, após a desistência do atual prefeito, Gil, de tentar a reeleição. O partido socialista já havia declarado apoio à pré-candidatura do ex-prefeito interino Anderson Pedroni, tido como “sucessor de Gil”. Agora o acordo que envolve a composição da chapa foi confirmado.
Escolhido pelo grupo formado por quatro partidos da base governista no município para disputar o pleito, Pedroni afirma que foi surpreendido com a notícia de que Gil não tentaria a reeleição. Após conversas sobre a pré-candidatura, as legendas aliadas, que são também PSDB e União Brasil, concordaram em ter um vice indicado pela sigla do atual prefeito.
“Em nome do reconhecimento de tudo que o governo tem feito para o nosso município e para manter essa parceria, foi consenso de todos os partidos que compõem o nosso arco de aliança que o vice seria indicado pelo PSB”, afirma o pré-candidato do PSD.
Apesar de ainda não ter indicado um nome, o presidente estadual do PSB, Alberto Gavini, em conversa com A Gazeta, confirmou que a vaga de vice é do partido. Segundo ele, a decisão de Gil de não tentar a reeleição foi pessoal, e não partidária. “Pelo partido ele (Gil) seria pré-candidato (à reeleição)”, afirmou Gavini.
A composição estabelece no município uma disputa entre aliados do governo, visto que o Podemos, também da base de Casagrande, deve concorrer à prefeitura com Eleazar Lopes. O cenário tem ainda outros dois pré-candidatos confirmados: Aelcio Peixoto, do PL, que terá uma chapa puro-sangue; e Edinho Onofre, do PT, que ainda não definiu quem concorrerá ao cargo de vice.
A Vila Rubim, em Vitória, pode ganhar cara nova. Na manhã desta quarta-feira (3), a prefeitura da Capital divulgou que há um projeto de reurbanização que prevê mudanças na região, e inclui a área da Ponte Seca.
Conforme o projeto da Prefeitura de Vitória, o local deve ganhar espaços de convivência, praça coberta, ajustes no estacionamento, paisagismo e iluminação, chegando a mais de 25 mil metros quadrados (m²) de área reurbanizada.
“Estamos cuidando de uma região que passou por uma tragédia 30 anos atrás e agora vamos ressignificar essa história. Vamos iniciar esse projeto para garantir uma Vila Rubim forte e pulsante”, disse o prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos).
A divulgação ocorreu por meio do próprio prefeito, durante um evento na Vila Rubim. Não foram informados mais detalhes sobre a proposta, nem prazo para a obra começar e ser entregue.
O ex-prefeito Neucimar Fraga (PP) busca um nome militar para ser o vice de sua pré-candidatura em Vila Velha. O movimento mira atrair partidos e eleitores de direita, que neste momento têm como principal opção Coronel Ramalho (PL).
Neucimar já mantém conversas com instituições militares em busca de um companheiro de chapa. A ideia é que o escolhido se filie a outro partido, que esteja disposto a se coligar com o PP na disputa.
Se a estratégia se concretizar, possibilitará que a campanha de Neucimar reforce seu posicionamento à direita, o que já está sendo destacado em diversas oportunidades. Durante uma agenda em Brasília na terça-feira (2), por exemplo, o pré-candidato compartilhou uma foto ao lado do deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG), o mais votado do Brasil em 2022.
Até o momento, a pré-campanha nas redes sociais tem focado principalmente em destacar as realizações do mandato de Neucimar à frente do Executivo canela-verde, entre 2009 e 2012.
Dois abrigos de idosos foram interditados pela vigilância sanitária em Jacaraípe e Nova Almeida, na Serra, na manhã desta quarta-feira (3). Os dois locais já foram interditados anteriormente, sendo que um deles mudou de local para tentar burlar a fiscalização.
A informação foi divulgada pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Pessoa Idosa (DEPPI), em conjunto com a Vigilância Sanitária (Visa) e o Conselho Municipal de Direitos e Defesa da Pessoa Idosa da Serra (Comids), da Prefeitura da Serra.
Os locais não eram regularizados, não tinham a documentação completa para funcionamento e não apresentavam condições de atendimento. Os idosos foram localizados em situações insalubres, em locais com problemas de limpeza, sem alimentação adequada e com poucos profissionais trabalhando no espaço.
“A casa abrigava cinco idosos e três pessoas menores de 60 anos. O Conselho Municipal do Idoso (Comids) solicitou, por meio de notificação, a reintegração imediata dos idosos, que deverá ser realizada pela Instituição de Longa Permanência de Idoso responsável. A proprietária prestará esclarecimentos à Delegacia de Proteção à Pessoa Idosa”, detalhou a prefeitura.
Segundo a titular da Delegacia Especializada de Proteção à Pessoa Idosa (DEPPI), delegada Milena Gireli, os idosos serão verificados, caso a caso, para entender se houve abandono familiar ou se as famílias foram enganadas pelos proprietários dos abrigos.
Atualização: Inicialmente, foi divulgado que um abrigo havia sido interditado. Entretanto, durante a tarde desta quarta (3), foi informado que dois espaços acabaram interditados pela fiscalização. Título e texto foram atualizados. 
Um homem matou a esposa, de 34 anos, a facadas na madrugada desta quarta-feira (3), na localidade de Alto Caxixe, zona rural de Venda Nova do Imigrante, na Região Serrana do Espírito Santo. A polícia informou que, após o crime, o marido da vítima teria tirado a própria vida.
Segundo a Polícia Militar, uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) esteve no local, mas o casal já estava sem sinais vitais. A perícia foi acionada e a Polícia Científica constatou que o homem morreu por asfixia e a mulher por cortes causados por faca. A arma branca foi recolhida no local do assassinato
A Polícia Civil disse que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante e detalhes da investigação não serão divulgados, no momento. Os corpos foram encaminhados para o Serviço Médico Legal (SML) do município, para serem necropsiados e, posteriormente, liberados para os familiares.
Um homem, que não foi identificado, foi encontrado morto numa calçada em Divino Espírito Santo, Vila Velha, na noite da última terça-feira (2). Ele estava com a orelha cortada, além da mandíbula e crânio quebrados.
Polícia Militar disse que foi acionada e, quando chegou ao local, a vítima já estava morta. Não havia detalhes sobre como o crime aconteceu. Agora, a Polícia Civil vai investigar o caso por meio da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha.
Prefeitura de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, divulgou que concluiu a mudança para sua nova sede, localizada no bairro Sagrado Coração de Jesus, na última segunda-feira (1º), e o local agora já concentra todos os atendimentos da administração municipal. O espaço funciona onde era o antigo Tiro de Guerra e onde seria instalado o Faça Fácil no município (que reúne serviços públicos).
A transição começou em 2022 e aconteceu de forma gradual neste período, com a transferência de secretarias e órgãos municipais. Agora, diversos serviços do município estão sendo realizados no local, como o setor de protocolo, o atendimento a agricultores e produtores rurais, o setor para emissão de alvarás, a equipe da Defesa Civil Municipal, o IPTU, entre outros.
Confira a distribuição por setores:

  • Subsolo: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), Secretaria de Desenvolvimento e Infraestrutura Rural (Semdir); parte de manutenção da Secretaria de Ciência, tecnologia e Inovação (Secti);
  • Térreo: Recepção da Prefeitura;  Secretaria da Fazenda (Semfaz), Secretaria de Administração (Semad); Superintendência de Inovação da Secti, Secretaria de Obras (Semob), setor de Protocolo, setor de IPTU. Temporariamente, o Ciretran também está com os serviços para renovação de habilitação no térreo do edifício;
  • 1º Andar: Gabinete do Prefeito, Secretaria de Assuntos Institucionais e Comunicação Social (Semaicos), Procuradoria-geral, Controladoria, Defesa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Secretaria de Empreendimentos Especiais (Semunees), além do auditório.

Um incêndio atingiu uma área de vegetação na noite de terça-feira (2), na localidade de Córrego São João, em Irupi, na Região do Caparaó do Espírito Santo, e foram necessárias quatro horas de combate até que as chamas fossem extintas. O fogo começou por volta das 17h e os trabalhos de contenção, realizados pela Defesa Civil Municipal, terminaram às 21h. Ninguém se feriu.
Segundo a coordenadora da Defesa Civil de Irupi, Mara Maffort, próximo ao local há lavouras, duas casas e uma área de mata de preservação. A equipe tentou cercar o fogo e receberam auxílio do Corpo de Bombeiros via telefone, uma vez que a unidade mais próxima estava em atendimento a outra ocorrência.
O encarregado de um sítio vizinho, segundo Mara, auxiliou no cerco ao fogo. “Não temos informação de quem colocou o fogo. Mais sabemos que o incêndio foi criminoso”, informou a coordenadora.

Não é cadastrado? Cadastre-se
ou
Já tem uma conta?
Preencha o campo abaixo com seu email.

Já tem uma conta?

source

Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *