Living

Médico de Joe Biden se encontrou com especialista em Parkinson – Gazeta do Povo

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O médico pessoal do presidente Joe Biden se encontrou com um especialista em doença de Parkinson afiliado ao Walter Reed Medical Center no início deste ano, mostram os registros de visitantes da Casa Branca.
O médico da Casa Branca, Kevin O’Connor, se encontrou com o especialista em Parkinson Kevin Cannard e dois outros médicos na Casa Branca em janeiro, de acordo com registros de visitantes, segundo publicação do New York Post. Cannard é neurologista de longa data da Walter Reed e especialista em distúrbios do movimento.
O cardiologista da Walter Reed, John Atwood, também participou do encontro em janeiro. Não está claro quem foi o quarto participante. Ambos os médicos se recusaram a comentar ao Post.
“Uma grande variedade de especialistas da Walter Reed visitam o complexo da Casa Branca para tratar milhares de militares que trabalham no local”, disse um porta-voz da Casa Branca ao jornal.
Cannard foi coautor de um artigo publicado no ano passado sobre os estágios iniciais da doença de Parkinson e está pesquisando ativamente a doença com parceiros da Universidade Vanderbilt, de acordo com seu perfil no Doximity, rede social para profissionais de medicina.
Os sintomas do Parkinson normalmente incluem problemas de movimento, tremores, equilíbrio prejudicado e alterações na fala, de acordo com a Mayo Clinic, um dos maiores centros de pesquisa médica dos Estados Unidos. Os sintomas desenvolvem-se ao longo do tempo e muitas vezes começam num lado do corpo.
Após o desastroso desempenho de Joe Biden no primeiro debate presidencial no mês passado, O’Connor foi novamente questionado pela forma como tratou a saúde de Biden. No debate, Biden muitas vezes pronunciava as palavras de forma arrastada e lutava para formar frases coerentes enquanto enfrentava uma versão atipicamente contida do ex-presidente Donald Trump.
Após o debate, os democratas entraram abertamente em pânico sobre o futuro da candidatura de Biden e surgiram inúmeras notícias detalhando as lutas de Biden relacionadas com a idade. Alguns democratas pediram publicamente que ele se afastasse ou considerassem fortemente fazê-lo com a convenção do partido se aproximando rapidamente.
A Casa Branca disse na sexta-feira (5) que Biden conversou recentemente com O’Connor sobre o resfriado que alegou estar sofrendo durante o debate, uma questão desconhecida antes do início do evento. Dias antes, a Casa Branca disse que Biden não havia sido se submetido a nenhum exame médico desde o exame físico anual de Biden, em fevereiro.
O’Connor e toda a equipe médica da Casa Branca determinaram que Biden estava apto para o cargo com base nos resultados do exame físico e descartaram a possibilidade de Biden ter Parkinson. O exame físico não parece ter incluído um teste cognitivo.
Para dirimir qualquer suspeita, o analista médico da CNN, Sanjay Gupta, está pedindo que Biden faça um exame neurológico detalhado e divulgue os resultados. Gupta expressou preocupação com a aparente confusão, incapacidade de concentração e expressão facial de boca aberta de Biden.
A tão esperada entrevista de Joe Biden com George Stephanopoulos, da ABC, na sexta-feira, não conseguiu mitigar as preocupações generalizadas sobre sua idade e capacidade mental. Durante a entrevista, Biden rejeitou veementemente a possibilidade de receber um teste cognitivo administrado de forma independente e afirmou que o debate foi simplesmente uma “noite ruim”.
©2024 National Review. Publicado com permissão. Original em inglês: Biden’s Physician Met with Parkinson’s Disease Expert at White House, Visitor Logs Show
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source

Shares:

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *