Capital Segurança

80% dos crimes de latrocínio em Porto Velho já foram solucionados pela Polícia Civil

Above

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da  Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DERF), solucionou cerca de 80% dos casos dos crimes de latrocínio (roubo seguido de morte ou a tentativa), assim como, esta modalidade de crime apresentou uma redução no primeiro semestre de 2019 se comparado com o mesmo período do ano passado. Os dados são referente ao município de Porto Velho e são confirmados pelo diretor de divisão da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio, delegado José Marcos.

Segundo o delegado da Polícia Civil, José Marcos, de janeiro a julho deste ano, foram 8 casos registrados, e desses, três vítimas morreram durante o roubo. Já em 2018, 14 pessoas foram vítimas de tentativa de latrocínio consumado ou tentado, e oito acabaram morrendo durante o ato criminoso. A delegacia de patrimônio conseguiu um bom resultado na resolução destes crimes chegando ao percentual de 80% na apuração e na consequente punição penal dos autores. “Eles foram investigados, em seguida, a Polícia chegou até os criminosos e encaminhou a responsabilização de cada um para que o Judiciário possa apurar e efetivar ação, e consequente punição dos acusados”, disse José Marcos.

Por outro lado, a Polícia avalia que os criminosos que atuam neste segmento estão agindo sem pudor na hora da prática do delito. “A gente percebe no dia a dia, que os criminosos tem pouco respeito pela vida humana, eles querem praticar o crime e pouco se importam com as vítimas. Em muitos casos, um pequeno movimento é o suficiente para o criminoso tirar a vida da vítima. Nosso trabalho é árduo para coibir e investigar quem pratica crimes contra as pessoas de bem”, ressaltou o delegado.

Não reagir durante um assalto, segundo o delegado José Marcos, é muito importante para preservar o maior bem da vítima que é a vida. “Nós sempre orientamos a população a não reagir a ação dos criminosos, principalmente se ele estiver armado. Após isso, cabe a Polícia toda a apuração para alcançar e punir esses criminosos. Nós enquanto policiais nos cobramos e somos cobrados pela população, pela imprensa e por nossos superiores. A gente enquanto Polícia, quer uma sociedade pacífica e ordeira onde o cidadão respeite a lei por isso atuamos de forma repressiva ao crime”, orientou o delegado.

As denúncias anônimas da população, ajudam os investigadores a chegar até os criminosos. “Assim como o trabalho do delegado e investigadores é importante para chegar até os autores dos crimes. A ajuda da população também é muito importante para identificar os criminosos. Lembrando que todas as denúncias são checadas e apuradas. Nós agradecemos o apoio da população que sempre confiou no trabalho da Polícia Civil”, destacou José Marcos.

A Polícia Civil do estado de Rondônia disponibiliza o número 197 para todo cidadão que deseja realizar denúncias sobre quaisquer prática criminosa. Vale ressaltar que a denúncia pode ser realizada de forma anônima e sigilosa. Para informações de crimes contra o patrimônio a polícia disponibiliza também o número 3216-8811.

Below