Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Mundo

África do Sul descobre nova variante do coronavírus causador da covid-19

A África do Sul descobriu uma nova variante do coronavírus Sars-CoV-2, causador da covid-19, que parece estar impulsionando a segunda onda da doença no país, informaram as autoridades sul-africanas nesta segunda-feira.

Chamada 501.V2, a variante foi detectada pela primeira vez nos últimos meses em Cabo Oriental e, desde então, se propagou por outras províncias sul-africanas.

As evidências coletadas “sugerem contundentemente que a segunda onda que estamos experimentando está sendo impulsionada por esta nova variante”, informou o ministro da Saúde sul-africano, Zweli Mkhize, na sexta-feira passada.

O professor Ian Sanne, membro do Comitê Assessor Ministerial sobre covid-19 da África do Sul, afirmou nesta segunda-feira que trata-se de uma nova variante, e não de uma nova cepa.

“Uma nova cepa causaria uma preocupação muito maior sobre todo o árduo trabalho feito até agora. Basicamente, voltaríamos ao zero e estaríamos ligando com uma nova cepa de vírus circulando pelo mundo. Mas não é o caso. É uma variante e tem algumas mudanças genéticas, representa uma evolução viral”, frisou Sanne ao portal “EWN”.

A aparição de uma nova variante do coronavírus no Reino Unido obrigou neste fim de semana as autoridades britânicas a estabelecerem duras medidas de restrição em grande parte do país devido ao alarmante aumento dos casos de covid-19. Vários países proibiram voos do Reino Unido.

Sanne, especialista em doenças infecciosas, destacou que a variante sul-africana é diferente da que foi identificada no Reino Unido.

“A variante não é a mesma que a do Reino Unido. Há dois vírus diferentes, mas são variantes distintas da mesma cepa do coronavírus”, explicou.

A nova variante sul-africana é mais transmissível e tem carga viral mais alta, segundo o especialista, mas ainda não se sabe se é mais perigosa.

“Isso ainda não foi estabelecido, mas estamos vendo taxas de casos e transmissão muito mais altas. Os casos dispararam. Isso significa que as pessoas precisam se proteger. Isso significa desinfetar as mãos, usar máscaras, evitar circulações desnecessárias entre províncias”, concluiu.

PAÍSES SUSPENDEM VOOS.

Até o momento, Alemanha, Suíça, Turquia, Israel e Arábia Saudita suspenderam os voos à África do Sul devido à nova variante do coronavírus.

O presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, decretou no dia 14 novas restrições para tentar frear a segunda onda de covid-19 e advertiu que, caso não sejam cumpridas, “este será o último Natal de muitos sul-africanos”.

A África do Sul é o país mais afetado pela pandemia no continente, com 921.922 casos de covid-19 registrados, entre eles 24.691 mortos.

Por EFE

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...