Início Capital Agevisa orienta para uso de novo método de prevenção ao HIV

Agevisa orienta para uso de novo método de prevenção ao HIV

ORondoniense Agevisa orienta para uso de novo método de prevenção ao HIV
ORondoniense Agevisa orienta para uso de novo método de prevenção ao HIV

O novo método de prevenção ao HIV, o vírus causador da aids, teve origem com estudos na França, foi testado no Brasil em 2017 tendo 10 estados e o Distrito Federal participado de projetos pilotos e chegou a Rondônia no segundo semestre de 2018. A Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP) consiste na combinação de dois medicamentos (tenofovir + entricitabina) que bloqueiam a entrada do vírus no organismo.

Mas para que isso aconteça com eficácia é preciso tomar os comprimidos todos os dias. O medicamento é distribuído gratuitamente. Para a Agência Estadual de Vigilância em Saúde, o método é considerado como um reforço as ações estratégicas para combater a doença no Estado e alerta que PrEP não protege de outras infecções sexualmente transmissíveis e por isso deve ser combinada com outras formas de prevenção, como a camisinha.

O método é direcionado para as pessoas que estão mais vulneráveis ao contato com o vírus como gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH); pessoas trans; trabalhadores(as) do sexo e, ainda, aqueles que frequentemente deixam de usar camisinha em suas relações sexuais (anais ou vaginais);tem relações sexuais, sem camisinha, com alguém que seja HIV positivo, e que não esteja em tratamento; Faz uso repetido de PEP (Profilaxia Pós-Exposição ao HIV) e apresenta episódios frequentes de Infecções Sexualmente Transmissíveis.

INOVAÇÃO

Bloquear a entrada do vírus causador da aids no organismo é considerado um grande avanço para a saúde pública. Para ter acesso ao PrEP é preciso procurar um dos 10 pontos onde funciona Serviço de Assistência Especializada (SAE) em Rondônia. Em Porto Velho, o atendimento acontece na Policlínica Oswaldo Cruz (POC). Neste período que antecede o Carnaval, a Agevisa faz um apelo especial para que o público vulnerável ao vírus procure uma das unidades do SAE.

‘‘Ao procurar o SAE, a pessoa será atendida por uma equipe multidisciplinar e serão solicitados exames laboratoriais porque o método é para pessoas que não são portadoras de HIV e estão entre as mais vulneráveis’’, explica a coordenadora estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/HIV/AIDS) e Hepatites Virais da Agevisa, Gilmarina Silva Araújo.

De acordo com a assistente social e referência como Ponto focal da PrEP em Rondônia, Stella Maris, a procura pelo novo método pode ser muito maior no Estado. Atualmente apenas seis das 10 unidades do SAE tem recebido demanda, mas a expectativa é que gradativamente o público passe a conhecer a nova estratégia de prevenção.

Para aqueles já infectados, a coordenadora de Hepatites Virais, Francilene Alves, destaca que o governo trabalha com procedimentos direcionados à pós exposição também através do Serviço de Assistência Especializada. Em todo o Estado, segundo a coordenadora, através do trabalho integrado com secretarias como a Seduc e outras instituições parceiras, a Agevisa tem avançado em ações estratégicas de prevenção as doenças sexualmente transmissíveis.

Localização das unidades do SAE em Rondônia:

Porto Velho –  Policlínica Oswaldo Cruz  (POC) , Av. Gov. Jorge Teixeira, 3862, bairro Industrial – Telefone: (69) 3216-2216

Porto Velho – Rua Duque de Caxias, 1960, bairro São Cristovão – Telefone: (69) 3901 2970

Ariquemes – Av. Tancredo Neves, 1586, Setor Institucional – Telefone: (69) 3535-2066

Cacoal – Av. Amazonas, 2663, Centro –  Telefone: (69) 3907-4122

Costa Marques – Av. Limoeiro, 975, Setor 1 – Telefone: (69) 3651-3744

Guajará-Mirim – Av. Antônio Coreia da Costa, Centro – Telefone: (69) 8472-0465

Ji-Paraná – Rua Porto Velho, 2319,Dom Bosco – Telefone:(69) 3416-4187

Pimenta Bueno – Av. Pinheiro Machado, 316, Centro – Telefone:(69) 98426-0336

Rolim de Moura – Rua Tocantins, 5424, bairro Planalto – Anexo Clínica da Mulher -Telefone: (69) 98476-8959

Vilhena – Av. Porto Velho, 178, bairro 5º BEC – Telefone: (69) 3919-7100

Secom – Governo de Rondônia

O Rondoniense