Rondônia

Agevisa programa série de lives para abordar prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de próstata

Agevisa

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), realiza neste mês de novembro uma série de transmissões ao vivo (lives), na página da instituição abordando temas voltados à saúde do homem, em alusão à campanha de conscientização “Novembro Azul”. A primeira live vai acontecer nesta sexta-feira (13) às 11h, apresentando o tema “Síndrome de Pré-Disposição ao Câncer de Próstata”.

Essa é a primeira vez que a Agevisa aposta em levar a informação sobre câncer de próstata através das redes sociais, de forma online, por meio de lives respeitando o protocolo de segurança contra o coronavírus.

“A coordenação resolveu trabalhar especificamente por conta do “Novembro Azul” uma série de lives relacionadas ao câncer de próstata. No total, serão três, com temas relativos ao assunto”, explica a coordenadora Estadual de Câncer da Agevisa, Rose Brito.

Nesta primeira edição, a temática será voltada para a Síndrome de Pré-Disposição ao Câncer de Próstata, além da divulgação ao vivo do levantamento de dados da coordenação da Agevisa de Rondônia sobre o número de casos da doença no Estado.

A live também contará com a presença do especialista na área de genética, Joshua Werner Bicalho, geneticista no Hospital de Amor Amazônia.

“Quando a gente pensa em câncer, existe uma porcentagem dos cânceres de próstata que são relacionados a síndromes genéticas de pré-disposição ao câncer, cerca de 5% a 10% desses tumores de próstata podem ser uma delas. Então vamos falar um pouco sobre quando a gente tem que pensar que o câncer de próstata é uma síndrome genética, e não um câncer esporádico”, afirma o especialista.

Além disso a coordenadora Estadual de Câncer da Agevisa ressalta a importância dos homens demostrarem a preocupação com a saúde. “O mais importante é lembrar que estamos no novembro azul, a gente tem que estimular o público masculino a se cuidar e obter medidas de prevenções”, orienta Rose Brito.

Ao final da live, os especialistas responderão às dúvidas dos internautas, pertinentes ao assunto.“Então a importância dessa live é que, se a pessoa se identificar, se perceber, é mais um motivo para se ter cuidado de procurar uma ajuda, um médico para fazer seus respectivos exames”, ressalta Rose Brito, enfatizando, ainda, que o Sistema Único de Saúde (SUS), possibilita atendimentos gratuitos.

“Se o paciente se identificar, ele vai procurar o posto de saúde, para fazer os exames de praxe, e quando estiver de frente para o médico, é importante que ele diga que está suspeitando, que assistiu a live e que acredita que se encaixa, então o próprio médico pode encaminhá-lo para o geneticista”, disse a coordenadora.

Além da live que será realizada nesta sexta-feira (13), outras duas transmissões ao vivo no mês de novembro já têm data marcada para voltar a falar do assunto com temas específicos:

Dia 18 de novembro – Importância do exame para tratamento de câncer
Dia 25 de novembro – Câncer de próstata: medidas preventivas.

Agevisa