Connect with us

Hi, what are you looking for?

Capital

ALERTA – Governo do Estado e município monitoram caso suspeito de corona vírus em Porto Velho

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa) continuam atuando no monitoramento que é feito diariamente ao casal que reside na Capital e procurou à rede básica de saúde com sintomas de gripe e que, na ocasião, relataram que estavam retornando de São Paulo, mas que lá compartilharam um transporte de aplicativo com um chinês, que não falava português e se comunicava com o motorista através de aplicativo de tradução, do aeroporto de Guarulhos ao centro de São Paulo.

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) do Estado fez a notificação da situação ao Ministério da Saúde que recomendou que o casal continue mantido em isolamento domiciliar, conforme protocolo, até que cessem os sintomas de doença respiratória viral.

“Nós temos todo o cuidado e preocupação com este caso. Já realizamos os exames laboratoriais e clínicos que temos disponíveis no nosso laboratório central (Lacen) para doenças respiratórias como H1N1, influenza, vírus sincicial, e o resultado foi negativo. Diante disso, enviamos para a Fiocruz a amostra coletada para outros exames e, só depois deste resultado, podemos descartar este caso. Enquanto isso não acontecer, seguimos com os protocolos”, explicou Fernando Máximo, secretário de Saúde.

O coordenador do Cieves/Estadual, Sid Orleans, explica que pela dificuldade de localizar o chinês que estava no mesmo veículo em São Paulo para comprovação de que ele estava vindo da China, o Centro de Operações de Emergência não listou Rondônia, pois o alerta é para pessoas que visitaram áreas de transmissão. “Mas por recomendação do próprio Ministério, estamos mantendo todo o protocolo e visitas diárias ao casal que continua em casa até o resultado o diagnóstico final.”

A Sesau emitiu Nota Informativa a todos os municípios com recomendações aos profissionais de saúde para que adotem medidas preventivas, seguindo as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Rondoniense (Com informações da SESAU)

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

Falta de matéria-prima importada ameaça fabricação de imunizantes contra a covid no país. IFA que chegaria esta semana para o Butantan só desembarca na...