Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Esporte

Análise: Flamengo cumpre missão e tem pacote completo em vitória protocolar sobre o Sport

Time de Renato Gaúcho segue na caça ao Atlético-MG no Brasileirão, apresenta boas opções táticas, vê peças antes criticadas darem volta por cima e ainda descansa de olho em mata-matas

Ge

A vitória do Flamengo sobre o Sport em Volta Redonda foi daquelas que podemos chamar de pacote completo.

Por mais que alguns mal acostumados ou mais exigentes insistam em citar o placar “magro” ou os gols perdidos, o time de Renato Gaúcho fez tudo que dele se esperava: jogou bem, venceu, apresentou opções interessantes de jogo, deu descanso aos titulares após o 2 a 0 construído e rodagem a peças que estão subindo de produção.

Vivo e com boas chances em três competições, a missão no Brasileirão parece clara: não deixar o Atlético-MG desgarrar ainda mais e equilibrar as energias para os mata-matas da Libertadores e da Copa do Brasil. Contra adversários com um abismo técnico de diferença, caso do Sport, é necessário vencer sem se desgastar, e foi o que aconteceu no Raulino de Oliveira.

O Flamengo se mostrou impositivo desde os primeiros minutos, com uma marcação alta que sufocava e apavorava os pernambucanos. O Sport praticamente não passava do meio de campo com a bola dominada e tinha pela frente um adversário com apetite e eficiência.

Diante da inoperância ofensiva do Sport, o Flamengo só flertou com o perigo por conta do placar apertado até o início da segunda etapa. Durante os 90 minutos, por sua vez, foi praticamente inimaginável um outro resultado que não fosse a vitória do time de Renato Gaúcho.

Os gols de Bruno Henrique e Everton Ribeiro foram emblemáticos também pela forma como foram construídos. Arrascaeta tem mais liberdade para flutuar e buscar espaços desde a chegada do novo treinador, ocupa menos a banda esquerda do campo e não à toa quase sempre é o melhor jogador em campo. Foi dele o cruzamento para BH abrir o placar, e foi ele quem triangulou com Ribeiro e Isla no segundo gol.

O lateral-direito e o camisa 7 ressurgiram como peças fundamentais na construção ofensiva com Renato. Isla tem feito ultrapassagens com mais constância e inteligência e dá opção para que Ribeiro entre nos jogos. O lance do gol é um exemplo: Ribeiro limpa a jogada, serve Arrascaeta e corre para área. Isla deixa Everton Felipe para trás, passa voando, recebe e faz o passe na medida.

Arrascaeta e Everton Ribeiro comemoram gol do Flamengo contra o Sport — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Arrascaeta e Everton Ribeiro comemoram gol do Flamengo contra o Sport — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Com a vitória praticamente garantida no primeiro minuto da etapa final, Renato deu descanso aos principais nomes e rodagem para peças importantes, como Vitinho e Michael. Ambos entraram bem e criaram chances de gol, por sinal.

A vitória sobre o Sport foi importante também para dupla de zaga. Bruno Viana e, principalmente, Léo Pereira foram firmes defensivamente e ajudaram muito na saída de bola em atuação para dar esperança ao torcedor.

"Quero ficar no Flamengo" - Arrascaeta, escolhido como Craque do Jogo na vitória contra o Sport

“Quero ficar no Flamengo” – Arrascaeta, escolhido como Craque do Jogo na vitória contra o Sport

Com 17 finalizações contra quatro (além de dois gols anulados pelo VAR), a equipe fez por onde para vencer com um placar mais elástico e ficou faltando o gol de Pedro, em jejum há seis partidas. Nada que preocupe ou mereça críticas. O Flamengo foi para Volta Redonda com tarefas a cumprir e voltou para casa com o pacote completo.

Ge

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...