Capital Destaques

Após duas semanas de inauguração, ladrões furtam fiação elétrica da ponte sobre o rio Madeira

Reprodução / Redes Sociais

Na última sexta-feira (28), os fios da rede de iluminação da ponte sobre o rio Madeira, na BR-319 em Porto Velho, foram furtados. De acordo com a Prefeitura, o local ficou com luz em apenas 50% da extensão até a iluminação ser restabelecida pela equipe técnica da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur).

Nas redes sociais, o Prefeito Hildon Chaves comentou que em menos de um mês a fiação da iluminação da ponte já havia sido furtada, e aproveitou para solicitar que as pessoas denuncie os casos de furtos na cidade.

Boa noite, pessoal. Todos vão lembrar que a menos de um mês, inauguramos a iluminação sobre a ponte do Rio Madeira….

Posted by Dr. Hildon on Friday, August 28, 2020

Boa noite, pessoal.

Todos vão lembrar que a menos de um mês, inauguramos a iluminação sobre a ponte do Rio Madeira.
Acontece que hoje, infelizmente a ponte foi a alvo dos saqueadores que furtaram os fios e deixaram nossa ponte com apenas 50% de iluminação.

Faço aqui a postagem para que saibam das dificuldades de gerir uma cidade, que não bastasse as dezenas de anos de descaso, ainda temos que lidar com pessoas do mal que trabalham para regresso da capital.

É lamentável, inaceitável!

Precisamos nos unir. Precisamos denunciar quem furta e quem compra os fios. Furtar fios e receptar produto dessa natureza é crime, e não podemos aceitar que essa prática prejudique o nosso desenvolvimento.

Chame a polícia, denunciem, mas não vamos aceitar.

Vamos juntos cuidar do que é nosso.

A Emdur voltará a iluminar a ponte, pois ações como essas não nos impedem de avançar e lutar pela capital que amamos e queremos.

 

A ponte sobre o rio Madeira foi iluminada no dia 13 de agosto, após quase seis anos sem iluminação. Ela tem cerca de 975 metros. Ao total foral 105 postes com luminária de LED que iniciam da rotatória do Porto Graneleiro até a entrada da Vila Dnit. Segundo a Prefeitura de Porto Velho, os trabalhos de iluminação foram um desafio pois a ponte não havia sido projetada para receber postes com lâmpadas.

As obras começaram no dia 4 de junho e custaram aproximadamente R$ 875 mil.

 

Neste sábado (29) a fiação já havia sido recolada e situação já está normalizada.