Capital Destaques Rondônia

ATITUDES DO BEM – Voluntários buscam doações para confecção de aventais para os profissionais da saúde

Sabemos que neste período de pandemia em que o mundo inteiro está lutando contra coronavírus, os profissionais da área da saúde são os que mais se arriscam na linha de frente, podendo ser contaminados pelo vírus.

Para que o profissional evite contaminações ao cuidar de um paciente é necessário que esteja com equipamento de proteção, o que infelizmente se tornou um produto escasso devido à necessidade atual: todos os países estão necessitando de equipamentos de proteção para os profissionais que estão na luta contra a Covid-19.

Pensando em meios de proteger seus colegas de profissão, servidores da saúde que fazem parte do Grupo de Voluntários Atitudes do Bem, iniciaram uma ação de arrecadação de materiais para confecção de aventais para os profissionais do Hospital de Base Ari Pinheiro que atendem pacientes com coronavírus.

Segundo Patrícia Oliveira, enfermeira e colaboradora da ação, diz que por dia são gastos cerca de 100 aventais descartáveis no Hospital de Base somente com profissionais que cuidam de pacientes com Covid-19.

“Nós conseguimos quatro costureiras voluntárias, mas a necessidade que temos é do material de confecção”, diz Patrícia.

A voluntária comenta que para atender a demanda diária serão necessários quatro rolos de TNT Gramatura de 50m para confeccionar uma média de 150 aventais, além da linha e do elástico.

“Nossa meta é conseguir 30 rolos desse material para poder ajudar nossos colegas de profissão que necessitam se proteger para cuidar dos pacientes infectados por Covi-19”, comenta Patrícia.

Para contribuições da ação voluntária a pessoa deve procurar a página oficial do grupo ou pelo telefone (69) 99969 8007.

No estado de Rondônia, somente esta semana, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), informou em uma coletiva de imprensa que 930 servidores da área da saúde foram afastados de suas respectivas funções, entre casos confirmados de coronavírus, suspeitos e do grupo de risco. Somente no Hospital de Base foram contabilizados 139 trabalhadores da saúde afastados por covid-19.

No dia 02 de junho, a Sesau informou que o sistema de saúde estava à beira de um colapso com 100% dos leitos de UTI ocupadas na rede pública. Nesta sexta-feira (05), o Governo do Estado de Rondônia decretou Lockdown no período de 06 a 14 de junho, como estratégia de diminuição do número de casos confirmados e de pessoas internadas nos leitos hospitalares.