Mundo Tecnologia

Austrália pode processar Facebook em US$ 348 bi

O governo da Austrália está ameaçando processar o Facebook por violação de privacidade de mais de 310 mil cidadãos australianos nos últimos dois anos. O Escritório do Comissário Australiano de Informação (OAIC), órgão que regula a privacidade no país, alega que a rede social deixou dados privados do aplicativo This is Your Digital Life serem usados e compartilhados pela empresa Cambridge Analytica, o que viola uma lei australiana.

Agora, o OAIC está tentando impor uma multa de até US$ 1,1 milhão por cada cidadão afetado, o que resulta em uma quantia que poder chegar a US$ 348 bilhões.

Em comunicado, o órgão explica que o Facebook “falhou em tomar medidas para proteger os indivíduos”, além de ter um design e uma programação que favorece esse cenário o compartilhamento não autorizado de informações pessoais. Como resposta, um porta-voz do Facebook explicou que a plataforma está cooperando com a investigação do OAIC e que ainda se esforça para melhorar a segurança na plataforma.

”Nós estamos trabalhando ativamente com o OAIC nessa investigação há dois anos. Fizemos mudanças drásticas em nossa plataforma para restringir as informações que ficam disponíveis para os desenvolvedores de aplicativos, implementando novos protocolos de segurança e controles de ponta para ajudar as pessoas a se protegerem e administrarem seus dados. Não podemos fazer mais comentários porque, agora, o caso está em um tribunal federal”.

Se a multa realmente for a aplicada com o avanço do processo, este será o maior escândalo financeiro da história do Facebook.

  • Fonte: JovemNerd.com