Especiais Esporte

BAIXA DA UNIÃO É UM RESGATE HISTÓRICO E DE QUALIDADE DE VIDA – por Aurimar Lima

O presidente do Baixa da União, Roni Melo, conta que o grupo desportivo nasceu da ideia de unir novamente os amigos de infância do bairro Baixa da União, o qual seu pai Sr. José Marques de Melo foi um dos fundadores, e do bairro Areal, onde participava das atividades extraescolares das escolas Padre Chiquinho, Estudo Trabalho, Manaus e Getúlio Vargas, na intenção de resgatar todos com o futebol.

O grupo foi fundado no dia 08 de março de 2.017, uma iniciativa que começou com 7 integrantes e atualmente chega a quase 70 membros, tendo como carro chefe o time de veteranos com idade igual ou acima de 50 anos, os chamados “50tões”.

“O grupo reuniu os amigos além do previsto. Amizades com mais de 40 anos de história, amigos que jogavam na AFA (Areal), fanfarra, festa junina, jogos escolares e o resgate foi além do futebol, proporcionou qualidade de vida, melhora de auto estima, humor, amizades distantes foram resgatadas e virou uma grande família”- relatou Roni.

DIA DA CONFRA

O crescimento veloz do grupo e a busca pela saúde mental em tempos de pandemia oportunizou a formação de duas equipes e agregou mais atletas, alguns com idade inferior aos 50 anos.

Para manter a integração dos atletas foi implantado o dia da CONFRA, quando dois times do BAIXA DA UNIÃO se confrontam e a equipe técnica aproveita para analisar o rendimento dos atletas, acompanhados pelos profissionais de Educação Física Mauricélio Lima e Ruymar Alves.

O grupo é dividido entre o Time do Flamengo e o Time das Torcidas rivais, mas todos são do Baixa da União em busca da melhor performance. “A saúde mental e física, a solidariedade que agrega qualidade de vida, disciplina e organização, competitividade e superação, são mentalidades para quem quer se manter no grupo” – enfatizou Aurimar Lima, dirigente do grupo.

SERVIÇOS

Em tempos de pandemia o grupo não fica parado, composto por muitos profissionais, todos ofertam serviços em prol do outro. Profissionais de educação física estão sempre orientando a turma, outros prestando vários tipos de serviços de gastronomia a construção civil, com segurança e atendendo em domicilio, e quando permitido se reúnem para o futebol, obedecendo todas as recomendações sanitárias.

ASSOCIAÇÃO

Os veteranos do Baixa da União estão organizando a diretoria, estatuto e regularização que elevará o grupo a categoria de associação, saindo do quadrante do bairro para expandir o futebol solidário a todos. Os dirigentes querem institucionalizar o futebol do grupo e promover atividades sociais, esportivas e de lazer. No final do ano passado o Baixa da União participou do Jogo do Bem, doando cestas básicas em parceria com a torcida do Fluminense e do Ferroviário, com apoio da Superintendência de Esporte e Lazer do Governo de Rondônia.

Está em processo de organização um evento esportivo para marcar a tradição histórica do bairro Baixa da União, com a realização de um jogo beneficente com as duas equipes do grupo, e que terá como objetivo a ação solidária e o regate histórico. Nos planos conta ainda uma equipe feminina de futebol e uma escolinha para atender jovens talentos e necessitados de apoio profissional.

TEXTO: AURIMAR LIMA