Capital Rondônia

Biblioteca anuncia parceria para cursos

Cursos com certificação pela Microsoft e hoje tem Live às 19 horas sobre esse assunto.

Com o objetivo de promover o aprendizado e beneficiar a população, a Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) firmou parceria entre a Biblioteca Viveiro das Letras e a Recode (Reprogramar Código de Vida), organização social com sede no Rio de Janeiro que oferece cursos para inclusão social por meio de metodologias e empreendedorismo digital.

Com o impacto do uso de novas tecnologias nos dias atuais, a Recode é uma instituição que facilita e estimula o uso ético e consciente dos meios digitais, tendo como seu público as escolas e bibliotecas públicas. Atualmente, está presente em 212 bibliotecas no Brasil, já somado agora com a Viveiro das Letras. Também está presente em sete países com 689 centros de empoderamento digital e já alcançou mais de 1,7 milhão de pessoas.

Os cursos da plataforma serão ofertados no site da Biblioteca Viveiro das Letras. Ao acessar o site vá para a sessão cursos gratuitos. Os cursos são: Gestão de Projetos e Aplicativos de Impacto, Excel na Real, Hackeando seu Futuro, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Internet Segura, Introdução ao Mundo Digital, Mediação de Leitura, Power Point, Tecnologias Exponenciais, Tecnologias para o futuro e Word na Prática. Para acessar o Site Viveiro das Letras e fazer a inscrição para um dos cursos o endereço é: https://bibliotecaviveirodasletras.page.link/br

LIVE

Para esclarecer mais sobre estes cursos, o coordenador de Operações da Recode, Wanderson Skrock, será o próximo palestrante do Auditório Virtual Viveiro das Letras desta segunda-feira (20), às 19hs. Ele irá explicar o que é a plataforma e como funcionarão os cursos que terão certificados gratuitos.

Segundo ele, “o diferencial é que a Recode tem o foco de realizar o desenvolvimento de Jovens que estão em vulnerabilidade social através da tecnologia, usando uma formação com metodologia que desenvolve habilidades sócio-emocionais dos atendidos. Além disso tudo, nós certificamos os atendidos com a chancela da Microsoft de forma totalmente gratuita”. Já os cursos em mediação de leitura, tem chancela da Cátedra Unesco de Leitura.

Para a bibliotecária da Viveiro das Letras, Aline Leal, “A importância dessa parceria contribui para o cumprimento de algumas missões da biblioteca, previstas no manifesto da IFLA/Unesco de 1994. Uma dessas missões, afirma que a biblioteca pública pode protagonizar uma relação entre seus usuários e a tecnologia”.

Para assistir a palestra ao vivo pelo YouTube, no canal Auditório Virtual Viveiro das Letras, às 19hs, dia 20 de julho, acesse aqui.

Comdecom