Empreendedorismo

BIM DAY – Lançado em RO nova ferramenta tecnológica para projetos de construção

Ontem à noite, no salão de convenções da Fiero – Federação das Indústrias de Rondônia -, foi lançado à ferramenta tecnológica que vai mudar o conceito de produção e execução de projetos em edificações no mundo inteiro. Trata se do BIM (Building Information Modelling), que a partir de 2021 será obrigatório nos projetos e construções brasileiras, especialmente demandadas pelo setor governamental.

“Os engenheiros civis poderão trabalhar com uma ferramenta espetacular, um software que prevê todas as etapas de uma obra de forma exímia e perfeita, calculando cada detalhe em um sistema automatizado. É uma revolução na construção civil”, comentou o presidente Carlão Xavier, do CREA-RO – Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia.

O presidente Carlão se refere ao BIM, um software que possibilita fazer simulações e medições necessárias na construção, com alterações “just in time” em todas as disciplinas.

“Assim, a hidráulica conversa com a elétrica, com a mecânica, com o orçamento, e assim por diante”, completa Luciano Garcia, palestrante, representante da AmazonCad, que explanou aos convidados o tema “Apresentação Autodesk – O futuro de Fazer As Coisas e o Decreto 9.377”.

O superintendente técnico do CREA-RO, Neemias Barbosa, que também se fez presente a palestra realizada na Fiero, lembrou que o uso do “Building Information Modelling” (BIM), a partir de 2021 será obrigatório nos projetos e construções brasileiras, especialmente as demandadas pelo setor governamental.

Oficializado através da publicação do Decreto nº 9.377, de 17 de maio de 2018, o Governo Federal quer promover um ambiente adequado ao investimento na metodologia e sua difusão no Brasil.

“O BIM será requisito para quem está comprando através do processo licitatório que todos os projetos venham através do Bim. Isso vai diminuir tempo de projeto, vai aumentar a eficiência e reduzir custos. No que concerne à parte civil, o CREA-RO vai buscar parcerias com o Sistema Fiero, para apoiar e capacitar profissionais da área”, afirmou Neemias.

“Ontem à noite, podemos atestar que com essa nova tecnologia, os engenheiros civis vão deixar de ser o link de execução e passar a ser o gestor da obra, o que vai dinamizar todo o processo”, finaliza o presidente do CREA-RO, Carlão Xavier.

Comentários

Via
O Rondoniense (Com informações do CREA RO)
Fonte
O Rondoniense
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios