Economiapolitica

Bolsonaro se reúne com Guedes para definir presidência do BNDES

O ex-presidente da instituição financeira Joaquim Levy pediu demissão após o chefe do Executivo dizer que a cabela dele "estava a prêmio"

Com a recente demissão de Joaquim Levy do cargo de presidente do BNDES, nesse domingo (16/06), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) se articula com a equipe econômica para definir o nome de um substituto para a instituição financeira.

Na manhã desta segunda (17/06), Bolsonaro cancelou a agenda oficial para se encontrar às pressas e de portas fechadas com o ministro da economia, Paulo Guedes, no Palácio do Planalto. Como o chefe da pasta não compareceu aos compromissos definidos para o dia, suspeitou-se de que ele poderia ter se encontrado com o presidente para discutir o nome que vai substituir Levy. Minutos depois, a assessoria do Planalto confirmou o encontro.

Guedes chegou ao ministério somente por volta das 10h47 e entrou pela garagem privativa — ato pouco comum ao ministro. Com a reunião, o encontro agendado entre a ministra da Mulher, Damares Alves, e Bolsonaro, marcado para as 10h, atrasou cerca de uma hora.

Levy pediu demissão do cargo após Bolsonaro afirmar no último sábado (15/06) que o agora ex-presidente do banco estava com a “cabeça a prêmio”. Por ter sido ministro de Dilma, Guedes relutou em aceitar o nome de Levy para o BNDES, mas acabou cedendo devido à articulação política e à experiência do economista.

Comentários

Fonte
Metropoles.com
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios