Mundo

Boris Johnson sai do hospital após 10 dias de diagnóstico de Covid-19

“Nunca agradecerei o suficiente” a equipe do NHS, “devo a eles minha vida”, disse o primeiro ministro

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson, hospitalizado há uma semana com COVID-19, agradeceu neste domingo (12) ao serviço público de saúde, o NHS, por ter salvado “sua vida”. Segundo o governo britânico, ele saiu hoje do hospital, em Londres, mas não voltará imediatamente ao trabalho.

“Nunca agradecerei o suficiente” a equipe do NHS, “devo a eles minha vida”, disse Johnson, em sua primeira declaração oficial desde a segunda-feira passada, quando foi hospitalizado na unidade de terapia intensiva do Hospital St Thomas.

Segundo a imprensa britânica, o líder conservador de 55 anos, que deixou os cuidados intensivos na quinta-feira, se distrai fazendo sudokus e assistindo a filmes, como a comédia romântica “Love Actually”.

Exame