Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Esporte

Brasil domina Egito e, com gol de Matheus Cunha, avança para pegar o México na semifinal das Olimpíadas

Seleção brasileira cria e desperdiça muitas chances, mas vence mais uma e fica a dois jogos do ouro; vaga na decisão será disputada na próxima terça-feira, em Kashima. Espanha e Japão fazem duelo na outra semifinal

Ge

Que venha a semi!

Faltam só dois passos para a conquista do segundo ouro olímpico da seleção masculina de futebol. Neste sábado, em Saitama, o Brasil teve o controle das quartas de final contra o Egito e venceu por 1 a 0, com gol de Matheus Cunha, no primeiro tempo. O placar poderia ter sido mais elástico, mas a equipe de André Jardine desperdiçou diversas oportunidades criadas.

  • Marque na agenda

    O Brasil decidirá uma vaga na final na terça-feira, às 5h (de Brasilia), na cidade de Kashima. O adversário será o México, que derrotou a Coreia do Sul por 6 a 3 neste sábado. Na outra semifinal, duelam Espanha e Japão.

    A festa de Matheus Cunha e companhia após o gol do Brasil contra o Egito no futebol, Olimpíadas de Tóquio 2020 (Foto: REUTERS/Molly Darlington)

  • Tradição

    O Brasil chega à semifinal do torneio masculino de futebol olímpico pela oitava vez, sendo a quarta seguida. Em 2012 e 2016, a Seleção conseguiu avançar à decisão, e em 2008 ficou com a medalha de bronze.

    Jogadores da seleção olímpica festejam vitória sobre o Egito no vestiário

    Jogadores da seleção olímpica festejam vitória sobre o Egito no vestiário (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

  • Primeiro tempo

    Com a volta de Douglas Luiz, após suspensão, o Brasil repetiu a escalação dos dois primeiros jogos das Olimpíadas e foi superior nos 45 minutos iniciais, tendo bem mais a bola (66% x 34%) e as principais chances de gol. Mesmo assim, a Seleção não encontrou facilidade diante dos egípcios, que marcavam muito bem, com cinco homens na primeira linha, e cediam poucos espaços. O primeiro chute brasileiro só foi acontecer aos 15 minutos, com Antony. Jardine deixou Claudinho mais centralizado do que nos últimos jogos e liberou os laterais para apoiarem o ataque, sobretudo Guilherme Arana. O placar foi aberto aos 36 minutos, em contra-ataque iniciado pelo goleiro Santos, que ainda teve condução de Claudinho, bom passe de Richarlison e finalização precisa de Matheus Cunha. Antes do intervalo, a Seleção ainda teve chance de ampliar em cobrança de falta de Douglas Luiz, que passou tirando tinta da trave.

    Matheus Cunha comemora gol sobre o Egito

    Matheus Cunha comemora gol sobre o Egito (Foto: REUTERS/Molly Darlington)

  • Segundo tempo

    A Seleção seguiu melhor na etapa final, criando boas chances para ampliar o placar. Logo no primeiro minuto, Matheus Cunha recebeu ótimo passe de Douglas Luiz e quase fez o segundo. Aos 10, Guilherme Arana foi lançado dentro da área, mas acabou travado pela marcação. Aos 12 e aos 14, Richarlison foi procurado dentro da área, porém, não conseguiu finalizar. Paulinho entrou no lugar de Matheus Cunha e também teve duas oportunidades, aos 21 e aos 28. No fim, o Brasil diminuiu um pouco o ritmo, passou a segurar a vantagem, mas mesmo assim sofreu poucos sustos.

    Guilherme Arana tem chance de gol na partida contra o Egito

    Guilherme Arana tem chance de gol na partida contra o Egito (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

  • Preocupação

    Artilheiro da seleção brasileira neste ciclo olímpico, com 20 gols, o atacante Matheus Cunha sentiu dores na coxa esquerda no começo do segundo tempo, tentou prosseguir em campo, mas não conseguiu e teve de ser substituído – Paulinho entrou no lugar dele. O camisa 9 será avaliado pelos médicos para saber a gravidade da lesão e se ela o impossibilitará de disputar a semifinal.

    Matheus Cunha fez o gol e se machucou na partida contra o Egito
    Ge

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Destaques

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os...