Esporte

Brasil é massacrado pela Polônia e volta a ser vice-campeão mundial

Pela segunda edição consecutiva do torneio, a seleção brasileira masculina de vôlei foi derrotada pela Polônia na final e teve que se contentar com o segundo lugar do Campeonato Mundial.

Apático, o time sul-americano impôs pouca resistência e viu o adversário igualar seus três títulos da competição, depois de uma derrota por 3 sets a 0, com parciais de 28-26, 25-20 e 25-23, em jogo disputado no Pala Alpitour, na cidade italiana de Turim.

Foi a quinta vez seguida que o Brasil chegou à final e a segunda consecutiva em que foi derrotado pela Polônia. Em 2014, em casa, a equipe europeia, que já tinha dado a volta olímpica em 1974, levou a melhor por 3 a 1 de virada.

Para os brasileiros, o revés representou o terceiro vice-campeonato, resultado obtido também em 1982, quando Renan Dal Zotto, hoje técnico da seleção, ainda era jogador. Na chamada ‘Era Bernardinho’, o país emplacou três conquistas em sequência, em 2002, 2006 e 2010.

O grande nome da decisão em Turim foi o oposto Bartosz Kurek, com 24 pontos. Pelo Brasil, que deixou a desejar no passe e principalmente no bloqueio, o maior pontuador foi o também oposto Wallace, com 14 bolas no chão.

Na preliminar, os Estados Unidos garantiram lugar no pódio pela primeira vez desde 1994 ao derrotaram a Sérvia por 3 a 1 de virada, com 23-25, 25-17, 32-30 e 25-19.

EFETurim (Itália)

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios