Connect with us

Hi, what are you looking for?

Esporte

Brasil perde para Porto Rico e se complica na luta por vaga em Tóquio

A seleção feminina de basquete perdeu para Porto Rico, por 91 a 89, no jogo de estreia no Torneio Pré-Olímpico Mundial de Basquete, realizado na cidade de Bourges (França), na tarde desta quinta-feira (6). A vitória porto-riquenha se deu na prorrogação, após o empate em 83 a 83 no tempo normal.

O resultado complicou a luta das brasileiras por uma vaga na Olimpíada de Tóquio 2020. A seleção terá pela frente no próximo duelo a equipe da França, vice-campeã europeia e, no último embate, a Austrália, vice-campeã mundial. Para garantir uma das três vagas olímpicas, a seleção terá de vencer pelo menos um dos próximos confrontos, e ainda torcer por uma combinação de resultados. Se ganhar os próximos dois jogos, as brasileiras asseguram vaga direta em Tóquio 2020.

Jogo

A equipe comandada pelo técnico José Neto entrou em quadra sem a pivô Clarissa, lesionada. No lugar da pivô, Mari Dias começou jogando junto às titulares Tainá Paixão, Tati Pacheco, Débora e Damiris. As brasileiras enfrentaram dificuldades no início da partida, mas equilibraram o duelo e passaram à frente do placar já no final do primeiro quarto. Destaque para Damiris que anotou sozinha sete pontos.

No segundo quarto, a seleção seguiu dominando, e chegou ao final com vantagem de seis pontos sobre as porto-riquenhas. O panorarama se repetiu no terceiro quarto, e mais uma vez Damiris brilhou, com dez pontos marcados. A partir do último quarto decisivo, a história do jogo mudou: a equipe de Porto Rico voltou como tudo, e foi galgando pontos até chegar ao empate a dois minutos e meio do final, após uma bandeja de Isalys Quiñones. Damiris ainda ganhou dois arremessos, mas só converteu um deles. A virada porto-riquenha veio em seguida, com Quinones, que chutou do garrafão. No minuto final, Érika pegou um rebote e acertou a cesta, deixando o Brasil um ponto a frente das adversárias. O Brasil anotava 83 pontos e Porto Rico 82 quando Rosado errou um dos dois arremessos e empatou novamente a partida. A segundos do fim, a armadora Patty teve a bola do jogo, mas não arremessou e o duelo teminou empatado em 83 a 83.

Na prorrogação, a desatenção e o nervosismo tomaram conta da seleção que cometeu cinco erros no ataque. A porto-riquenha O’Neill abriu sozinha vatagem de 90 a 83. O Brasil reagiu com duas bolas de três de Parry e Débora,e voltou para o jogo. O placar estava 90 a 89 para Porto Rico, a 44 segundos do final. Débora ainda teve uma ótima chance de virar o placar num arremesso a média distância,mas errou. Jeniffer O’Neill  selou a vitória de Porto Rico por 91 a 89 ao converter o primeiro de dois arremessos na linha de lance-livre. Ela foi a cestinha do jogo, com  30 pontos, e a brasileira Damiris  também se destacou com 26 pontos anotados e 15 rebotes.

Confira abaixo os próximos jogos da seleção:

08/02 – 16h30 – Brasil x França

09/02 – 10h – Brasil x Austrália

 

Por Agência Brasil 

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

Falta de matéria-prima importada ameaça fabricação de imunizantes contra a covid no país. IFA que chegaria esta semana para o Butantan só desembarca na...