Mundo

Câmara aprova recursos para reabrir governo, mas sem verba para o muro

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, liderada pela democrata Nancy Pelosi, aprovou na quinta-feira projetos de financiamento para encerrar o fechamento parcial do governo, mas não inclui os recursos para a construção do muro na fronteira e que agora passará ao Senado.

Com uma votação de 239 a 192, os legisladores aprovaram uma lei de gastos de curto prazo para financiar o Departamento de Segurança Interna (DHS) até o dia 8 de fevereiro.

Outro conjunto de recursos para seis agências até o dia 30 de novembro foi aprovado com uma votação de 241 a 190.

As iniciativas vão agora para o Senado, com maioria republicana, por isso os analistas acreditam que não serão aprovadas na Câmara Alta.

Em entrevista coletiva após sua eleição como presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi classificou o muro proposto pelo presidente Donald Trump, como “um desperdício de dinheiro”.

Por sua vez, o vice-presidente do país, Mike Pence, afirmou à emissora “Fox” que “se não houver muro, não haverá acordo”.

O governo entrou no último dia 22 de dezembro em seu terceiro fechamento parcial desde que Trump chegou ao poder, depois que republicanos e democratas no Congresso não alcançaram um acordo nas negociações.

O ponto de discordância é a exigência de Trump de que o projeto orçamentário inclua uma verba de mais de US$ 5 bilhões para financiar o muro na fronteira entre seu país e o México.

EFE Washington

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios