politica

Câmara inicia segunda sessão para votar texto da Previdência

Above

O plenário da Câmara dos Deputados dá início nesta quarta-feira (10/07/2019) à segunda sessão de análise da reforma da Previdência. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai enfrentar o processo de obstrução da oposição para começar a votação do texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019 e depois seguir para os destaques.

Parlamentares oposicionistas vão apresentar requerimentos para tentar atrasar a análise do parecer da reforma, elaborado pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP). Há ainda proposições que pedem pelo adiamento da votação em até cinco sessões. Depois disso, Maia inicia a análise do relatório aprovado na comissão especial na semana passada.

Deputados apresentarão também sugestões de alterações ao parecer da PEC. Além dos partidos de Centro, que prometem proposições relativas às mudanças nas regras de aposentadoria de professores e de mulheres, há textos que pedem para abrandar as normas para integrantes da segurança pública, do Podemos.

A oposição vai protocolar destaques. São nove sugestões supressivas. Ou seja, o governo precisa garantir 308 votos em cada uma delas para manter o parecer intacto. Dessa maneira, acreditam os parlamentares contrários à reforma, eles pressionam o Executivo a mostrar se tem votos suficientes para aprovar a PEC em plenário.

Below