Connect with us

Hi, what are you looking for?

Capital

Câmara Municipal manifesta apoio ao Prefeito Hildon Chaves no processo de aquisição de vacinas

Presidente Edvilson Negreiros afirma que ele e vereadores estão acompanhando de perto os esforços de Hildon Chaves para imunizar os portovelhenses, através da COMISSÃO DE SAÚDE e através da COMISSÃO ESPECIAL de acompanhamento do Covid-19.

O prefeito Hildon Chaves, nesta quinta-feira (22), em coletiva à imprensa, sobre as notícias veiculadas nacionalmente de que a Polícia Civil do Rio de Janeiro estava em operação de investigação em empresas que comercializavam vacinas às prefeituras do país, entre elas a capital rondoniense, esclareceu que a população de Porto Velho pode ficar tranquila, pois fez o uso da modalidade de carta de crédito expedida pelo Banco do Brasil que oferece garantia de que o pagamento só é efetuado após o recebimento da mercadoria comprada.

Diante da situação, o presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, Edvilson Negreiros, manifestou o apoio da Casa de Leis Municipal ao Executivo e deixou claro que desde o início do processo de aquisição das doses da vacina contra a Covid-19, a Prefeitura vem apresentando a evolução das tratativas junto à empresa.

“Desde o primeiro momento, quando aprovamos o projeto autorizando a compra pelo Executivo e a compra pelo consórcio, o prefeito Hildon Chaves vem apresentando na Câmara, e também aos órgãos de controle, cada detalhe do processo”.

Negreiros destacou, ainda, que todo processo foi acompanhado. “Acompanhamos o procedimento administrativo, o alfandegário, que precisa ser feito nesse processo, o protocolo junto à Anvisa, a elaboração da carta de crédito junto ao banco e, depois de tudo resolvido, com o sucesso, seria o pagamento tão somente quando fossem entregues as doses na cidade, sendo que ainda assim constava dentro do contrato um prazo de 10 dias para pagamento”.

Sobre a lisura do processo, o presidente da Câmara informou, “O processo teve total lisura referente à valores, assim como na compra direta de seringas, que foram doadas com participação do Hospital do Amor e que, se fossem adquiridas pelos cofres públicos, custariam mais de R$ 500 mil. Nós ficamos tristes com o ocorrido, mas sabendo que a expectativa de alcançar o objetivo é trazer a vacina continua”.

Edvilson ainda repudiou, em nome de todos os vereadores, os fatos relacionados ao contrato que ainda não foi finalizado e declarou total apoio ao prefeito Hildon Chaves para a continuidade de tratativas referente ao interesse da prefeitura em imunizar, o mais breve possível, o maior número de pessoas contra a Covid.

“Sempre tivemos todas as informações necessárias apresentadas pelo prefeito, todo passo a passo, e sempre com a participação dos órgãos de controle, o que é muito importante. A Câmara segue ao lado da Prefeitura confiando na lisura do processo e aguardando novidades a partir da viagem do prefeito para conclusão do caso”, finalizou o vereador.

 

Assessoria

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...

Cultura

Oi, aqui é o Álisson, prazer, quem me conhece pessoalmente sabe que sou bocudo  –  em várias variáveis, inclusive. Começo pelo meu fenótipo: boca...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...