Mundo

Candidato de centro-direita no Uruguai rejeita apoio de Bolsonaro no segundo turno

Above

Depois que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse em entrevista ao Estádio do Brasil que ele espera que o candidato do Partido Nacional, Luis Lacalle Pou, tenha sucesso no segundo turno em nosso país, o líder branco questionou essas declarações.

“Não é bom que os diferentes políticos, e neste caso os diferentes governantes, influenciem ou dêem sua opinião sobre o que pode acontecer em outro país”, disse Lacalle a repórteres, de acordo com o sublinhado.

“Se eu fosse presidente da República e houvesse um processo eleitoral no Brasil, por mais que eu gostasse um pouco do outro, certamente esperaria pelos resultados, porque, quem vencer, com ele tenho que me dar bem”, afirmou o candidato.

Questionado se essas declarações de Bolsonaro acrescentam ou subtraem sua campanha, Lacalle respondeu que não cabe a ele fazer essa análise. Além disso, ele disse que “felizmente” no Uruguai são os uruguaios que “decidem o que acontece e o que precisam”.

O Rondoniense (Com informações da Agência Estado)

Below