Capital Destaques

Cáritas Brasileira apresentará uma projeção fotográfica sobre a migração no Museu da Memória Rondoniense

Foto: Dimas Oliveira

A Cáritas Brasileira, por meio do projeto Europana, lança nesta terça- feira (29), às 19h (horário local), o PANAS – Exposição Urbana sobre migrantes no Brasil, que será projetada no Museu da Memória Rondoniense.

A projeção das fotografias faz alusão ao Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, 27 de setembro, e tem o objetivo de contribuir para o acolhimento de pessoas migrantes e refugiadas no Brasil e provocar a reflexão sobre a história da migração no país.

Além de Porto Velho, a projeção será realizada em mais duas capitais: São Paulo (SP) e Recife (PE), às 20h (horário de Brasilia).

A curadoria fotográfica da projeção teve por objetivo promover o trabalho artístico de fotógrafos\as profissionais e amadores que retratam a identidade de migrantes e refugiados\as em todo território nacional. As imagens selecionadas mostram, especialmente, o fluxo da migração latino-americana e abarca diferentes realidades de integração, acolhimento e perspectivas migrantes.

Entre as fotografias, também serão projetadas os seis verbos do papa Francisco retiradas da mensagem para o 106º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado. Os verbos traduzem ações muito concretas e interligadas, numa relação de causa-efeito. Leia a mensagem na íntegra: https://bit.ly/33BwDLm

Além da projeção, as fotos selecionadas serão projetadas em outro ciclo, em 18 de dezembro de 2020 – Dia Internacional dos Migrantes. Essa segunda fase do PANAs – Exposição Urbana sobre migrantes no Brasil,  será realizada nas cidades de Florianópolis (SC) Curitiba (PR) e Boa Vista (RR).

SOBRE O PROJETO

O Europana é uma iniciativa que tem como objetivo dar suporte às pessoas migrantes e refugiadas que estão em situação de vulnerabilidade social, em especial, à população venezuelana no Brasil e em outros cinco países da América Latina. O programa é financiado pela União Europeia, fruto do consórcio liderado pela Cáritas Luxemburgo, compartilhado com a Cáritas Alemã, além da Cáritas Suíça e com as partes executoras nos países, como a Cáritas Brasileira.

Pana é uma palavra de origem venezuelana, que significa amigo. A expressão é muito utilizada por migrantes desse país, especialmente, pelos indígenas da etnia Warao.

*Informações iniciais da Cáritas Brasileira