CapitalDestaques

CARNAVAL – Realidade econômica faz Hildon Chaves cancelar repasse às escolas de samba e blocos

Devido ao momento econômico pelo qual passa o Brasil, a Prefeitura de Porto Velho não repassará recursos para as escolas de samba este ano. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (04/12) pelo prefeito Hildon Chaves durante entrevista à imprensa. O recurso, segundo ele, será aplicado em outras áreas de maior necessidade social no momento, a exemplo da saúde e educação.

O prefeito afirmou ainda que as escolas de samba precisam buscar formas alternativas de promoverem os desfiles, não dependendo exclusivamente do setor público, como sempre ocorreu ao longo dos anos.

“É importante que as agremiações carnavalescas executem projetos para receberem apoio da iniciativa privada e assim caminharem de forma independente”, observou.

O prefeito lembrou que ano passado a Prefeitura apoiou as agremiações, deixando de investir esse valor em setores vitais do Município.

Blocos

Ao falar dos blocos, o prefeito esclareceu que não tem sentido usar verba pública para apoiar esse tipo de manifestação carnavalesca, uma vez que eles comercializam os abadás e podem promover eventos para angariar recursos, bem como buscar patrocínio junto a iniciativa privada.

“Estamos vivendo outra realidade no Brasil, o dinheiro está escasso, por isso precisamos restringir os gastos”, concluiu.

O Rondoniense
Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios