Esporte

CBF isenta clubes de taxas de registro e transferência de atletas

Medida vale a partir desta sexta-feira, 3 de abril, por prazo indeterminado

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em atenção aos impactos provocados pela paralisação do futebol em decorrência da pandemia do Coronavírus, definiu por isentar todos os clubes das taxas relativas ao registro de contratos e à transferência de jogadores. A determinação tem validade a partir desta sexta-feira, 3, por tempo indeterminado. A estimativa é que isso gere uma economia de R$ 1,3 milhão por mês aos clubes brasileiros.

A medida inclui isenção de valores relativos à registro de contratos definitivos, de contratos de empréstimo, de renovação, prorrogação ou rescisão contratual, além das transferências de atletas.

Assessoria