politica

CNMP rejeita recurso e mantém processo disciplinar contra Dallagnol

Procurador havia solicitado o arquivamento da ação, aberta a pedido do ministro Dias Toffoli

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) rejeitou, nesta terça-feira (13/08), um recurso do procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava-Jato no Paraná, que solicitava o arquivamento de um processo administrativo disciplinar aberto contra ele. O procedimento foi aberto a pedido do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

A ação de Toffoli ao CNMP ocorreu em abril, após Dallagnol dar entrevista para a Rádio CBN. Na ocasião, o procurador afirmou que alguns ministros do STF “mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”.

Ainda durante a sessão do CNMP desta segunda-feira, os conselheiros Leonardo Accioly da Silva e Erick Venâncio Lima do Nascimento, que representam a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no colegiado, pediram para que seja revisada uma decisão do corregedor Orlando Rochadel Moreira que arquivou uma representação contra Deltan.

Continua depois da publicidadeA solicitação dos conselheiros passa a tramitar em uma ação separada e será levada ao plenário. Na ação citada pelos dois representantes da OAB, Deltan é acusado de violar a lei durante sua atuação na Lava-Jato. As acusações são baseadas em mensagens reveladas pelo The Intercept que foram trocadas por Deltan, o ministro da Justiça, Sérgio Moro (quando era juíz) e outros integrantes do Ministério Público.

Comentários

Fonte
CorreioBrazileinse.com
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios