Esporte

Com o Flamengo, Rede Globo registra recorde de audiência

A transmissão da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Junior Barranquilla, na Colômbia, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores da América ontem (04 de março), garantiu à Globo sua maior audiência de estreia pelo torneio desde 2000 no Rio de Janeiro.

Segundo dados confirmados pela emissora carioca, a partida narrada por Luís Roberto, com comentários de Júnior e Roger Flores, fechou com média de 36 pontos de audiência e 53% de participação. Foi o melhor índice de um jogo inicial da competição na Globo desde quando o Ibope passou a adotar sua atual metodologia de aferição de audiência.
Para comparar, a final do Mundial de Clubes entre Liverpool e Flamengo, em dezembro de 2019, marcou 41 pontos de audiência com 74% de participação no número de TVs ligadas, num sábado.

Contando apenas as noites de futebol às quartas, esse foi o maior Ibope que a Globo teve no Rio de Janeiro desde Flamengo x Ceará, em novembro de 2019 —tal jogo marcou os mesmos 36 pontos de Ibope e foi a primeira partida do Rubro-Negro após o título da Libertadores da América.

Em São Paulo, os índices também foram bem interessantes. Junior x Fla fechou com 24 pontos de audiência e foi líder com tranquilidade no Ibope. O número é superior ao que marcou o jogo de abertura da fase de grupos da Libertadores em 2019, que teve o Palmeiras como destaque. Junior Barranquilla x Palmeiras marcou em 7 de março exatos 22 pontos de Ibope, dois pontos a menos do que teve o Flamengo agora.

Vale ressaltar que a Globo ainda vai mostrar outros três jogos do Flamengo nesta fase de grupos da Libertadores. Apenas um dos jogos do clube, contra o Indepediente Del Valle, será exclusivo do Facebook.

Créditos do texto: Gabriel Vaquer/UOL