Comentando Notícia | Marcos Souza

Marcos Souza Gomes, paulista, nascido em Ipaussu (SP), foi criado quase que a vida inteira em Porto Velho (RO), é formado em Comunicação Social, Jornalismo, pela Faro – da primeira turma do Estado de Rondônia. Iniciou como revisor do Jornal Alto Madeira, em 1992, e depois passou a ser repórter do segmento cultural do matutino e em 1996 foi editor do Caderno Dois. Logo que se formou, em 2005, junto com mais três amigos de faculdade fundou o portal de notícias Rondoniaovivo, onde permaneceu até 2015. Especialista em cultura pop, crítico de cinema, atuante nas redes sociais, hoje trabalha como produtor de reportagem na SIC TV Record RO e é editor de matérias do site O Rondoniense.
CulturaGeek

COMENTANDO A NOTÍCIA – Moro perigoso? Game restaura Notre Dame e Vingadores spoilers malditos – Por Marcos Gomes

ARREPENDIMENTO MORO

O assunto do dia nos noticiários aqui em Rondônia é a visita do Ministro Sérgio Moro em Porto Velho, quando apresentou uma palestra, recebeu duas comendas da Assembleia Legislativa e homologou a entrega de três projetos com o plano regional inseridos no combate a corrupção.

Foi um evento bem prestigiados pela imprensa local, inclusive com o jornalista Gomes de Oliveira, do Folha Rondoniense, tendo o direito de fazer a sua pergunta na coletiva aberta à imprensa.

Foi uma forma da Superintendência de Comunicação do Governo em amenizar o mal estar provocado na segunda-feira (15) quando o jornalista foi barrado na coletiva dos “100 dias do Governo Marcos Rocha” e divulgou um vídeo esculhambando.

Pois é, dando prosseguimento ao assunto Sérgio Moro, em um artigo publicado na Folha de S. Paulo o cineasta José Padilha (diretor do clássico “Tropa de Elite”) escreveu estar arrependido de ter enaltecido a conduta do atual ministro da Justiça, que já chegou a ser chamado por ele de “samurai ronin” – como referência à sua suposta independência política.

Padilha foi responsável pela série “O Mecanismo”, na Netflix, que mostra o início da Operação Lava Jato. Na série Moro é quase um paladino cumprindo a sua missão de combate à corrupção a alta cúpula do governo federal ainda sob os auspícios do PT.

Em um dos pontos citados pelo cineasta pelo arrependimento diz respeito a leitura do Projeto Anticrime, do ministro, onde ele verificou que o pacote, segundo Padilha é “pró-milícia” e que ficou claro que Sérgio Moro perdeu a sua independência porque hoje trabalha para a família Bolsonaro. “Sérgio Moro finge não saber o que é milícia (…)”.

Quer conferir o artigo completo de José Padilha clica no link abaixo:

O MINISTRO ANTIFALCONE

Pois é, eu não vou entrar no mérito do arrependimento do José Padilha, pois eu assisti a série “O Mecanismo” e a achei exagerada, por ser uma visão unilateral. Mas enfim, sobre o pacote e ser favor das milícias, eu recomendo a leitura do projeto na íntegra abaixo. Eu só vou emitir minha opinião a respeito depois de ler.

GAME PODE RECUPERAR ESTRUTURA DA IGREJA NOTRE DAME

Uma das imagens mais tristes de segunda-feira (15) e chocante, junto com a retirada dos mortos que foram vítimas da tragédia dos prédios da Comunidade de Muzema, no Rio de Janeiro – até o fechamento da coluna já tinham sido encontradas 16 pessoas mortas –, foi o incêndio de grandes proporções que destruiu parte da Catedral de Notre Dame – um dos monumentos arquitetônicos mais celebrados na humanidade.

VEJA O VÍDEO COM O INCÊNDIO:

O site especializado em games GPS World divulgou que o jogo “Assassin’s Creed Unity” pode ajudar na recuperação arquitetônica da igreja, pois tem sequências que reproduzem exatamente com detalhes toda a área externa e interna do monumento. A restauração a ser feita no local pode contar com essa ajuda incrível. Veja matéria clicando AQUI.

Veja trechos do game que tem algumas cenas da Catedral de Notre Dame.

VINGADORES ULTIMATO E OS SPOILERS MALDITOS

Faltando pouco mais de uma semana para a estreia do filme “Vingadores Ultimato” na terça-feira (16) alguns internautas ou sabe lá de onde vazou isso, divulgaram nas redes vários trechos do longa que podem mostrar momentos cruciais da história. Eu mesmo cheguei a receber um vídeo com spoiler gigantes do que aparenta ser o final do filme. Claro, não abri e apaguei qualquer resquício.

Não entendo o prazer das pessoas em não curtir um filme sem saber a sua história. E “Vingadores Ultimato”, que encerra o filme anterior “Vingadores – Guerra Infinita” (2018), teve um todo um marketing planejado pela Marvel e diretores em que não se poderia revelar a história. Os trechos que foram exibidos em teasers e trailers fizeram parte de um pacote que só mostra a primeira parte do filme, sem dizer muita coisa.

Então fique de olho com esses vídeos que já foram divulgados no Twitter e estão viralizando  pelo Facebook e grupos do Whatsapp. O alerta foi dado por blogueiros norte-americanos. Daniel Richtman e Jeremy Conrad, que fizeram o alerta no Twitter.

Então se você, como eu, está ansioso para ver um dos grandes filmes do ano e talvez o mais aguardado se restrinja ao máximo em acessar vídeos escusos de origem duvidosa, Nesses próximos dias haters e fãs sem paixão devem compartilhar essas porcarias. Evitem. Vá assistir “Vingadores Ultimato” em sua essência de surpresas e reviravoltas. É o fim de um ciclo e o reinício de outro para a Marvel.

Fica a dica.

Marcos Gomes, é jornalista.

Contato: marcos35anos@gmail.com

Facebook: Marcos Gomes

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios