Capital Destaques

Confirmado a morte do taxista por coronavírus na capital

Foi realizada na manhã desta quinta – feira, com as secretarias municipal e estadual de saúde, uma coletiva para atualizar o boletim de coronavírus no Estado de Rondônia.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Eliane Pasini, confirmou que o taxista Aparecido Rodrigues Lopes (Leão), de 65 anos,  foi a óbito devido ao Coronavírus. O corpo dele foi encontrado na quarta-feira, em uma vila de apartamentos onde morava, na Rua Uruguai, Bairro Nova Porto Velho.

O secretário estadual de Saúde, Fernando Máximo, informou que o Laboratório Central realizou 44 testes ontem e apenas do taxista Aparecido Lopes deu positivo.

Segundo foi informado na coletiva, o taxista estava com suspeita de infecção em razão dos sintomas. Ele chegou a ser atendido na Upa da Zona Leste, onde chegou com febre, tosse e falta de ar. Devido os sintomas, o taxista foi colocado em isolamento, atendido, medicado e fez exames. Ao final foi orientado a se isolar em casa.

Em várias conversas que teve com amigos, o taxista reclamou que estava bastante mal e infelizmente chegou a falecer. O corpo de Aparecido foi removido por uma funerária no meio da tarde e enterrado rapidamente.

Esta é a segunda morte confirmada por coronavírus, em Porto Velho. O primeiro caso foi de uma idosa que morreu no Cemetron no último dia 29.

Prefeitura  solicita que as pessoas que tiveram contato com o taxista Aparecido Rodrigues Lopes entrem em contato com o Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), para orientação e controle epidemiológico.

Os telefones do Departamento são os 3223-5958 e 9 – 8473-7909.