Connect with us

Hi, what are you looking for?

politica

Confúcio Moura assegura R$ 22 milhões para atendimento à saúde em Rondônia

Foram assegurados pelo senador Confúcio Moura (MDB/RO), aproximadamente R$ 22 milhões para atender a saúde de 25 municípios do Estado de Rondônia. Os recursos foram disponibilizados na conta das prefeituras e do Governo do Estado entre dezembro de 2019 e dezembro de 2020.

A maior parte deste montante foi aplicada no enfrentamento da pandemia do coronavírus, no custeio das ações e serviços de saúde, na atenção primária e especializada, vigilância em saúde, assistência farmacêutica, aquisição de suprimentos, insumos, produtos hospitalares e também equipamentos.

De acordo com o parlamentar, que também é presidente da comissão mista do Congresso que acompanha as ações do Governo no enfrentamento da Covid-19, esse é um momento delicado de crise da saúde pública no Brasil. Segundo ele, as prefeituras precisam muito desse dinheiro, no entanto, os recursos liberados não irão resolver, mas, ajudarão os municípios a custearem suas necessidades e atender melhor o povo.

Entre os recursos direcionados à saúde, o Barco Hospital, Walter Bártolo, que atende ribeirinhos e indígenas na região de Guajará-Mirim e todo o Vale do Guaporé foi contemplado com R$ 1 milhão, para o reforço à atenção básica de saúde, e R$ 1 milhão para o Hospital de Amor da Amazônia. Os recursos foram disponibilizados em janeiro de 2020.

Dentre os municípios contemplados com recursos indicados pelo senador, Ariquemes recebeu R$ 5.249.235,00. Vilhena R$ 2.300.000,00, Guajará Mirim R$ 1.950,000,00, Machadinho D’Oeste, R$ 1.099.994,00, Itapuã do Oeste, R$ 706.707,00, Cacoal R$ 1.600.000,00, e Campo Novo de Rondônia, R$ 720.000,00.

Vale salientar que em 2019, por se tratar de primeiro ano de mandato, o senador Confúcio Moura não disponibilizava de emendas parlamentares, mesmo assim, garantiu a captação de recursos, destacados no orçamento para atendimento à população do Estado.

Em 2020, devido a pandemia, a maioria dos recursos priorizados pelo Governo Federal foi para o Ministério da Saúde, para custeio exclusivo no atendimento à Covid-19. A liberação e efetivação do pagamento depende de várias etapas de análises de projetos, assim também como o ente destinatário estar apto a receber os recursos.

RECURSOS EMPENHADOS E PAGOS DO SENADOR CONFÚCIO MOURA

Dezembro/2019 a dezembro/2020

VALOR TOTAL: R$ 21.708.391,00

1  ARIQUEMES R$ 5.249.235,00

  • R$ 448.274,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20)
  • R$ 200.000,00 e R$ 51.000,00, totalizando R$ 251.000,00 para aquisição de equipamento e material permanente (pagas em 23-04-20)
  • R$ 104.924,00 e R$ 545.037,00 do Ministério da Saúde, que totalizaram R$ 649.961,00 (paga em 16-04)
  • R$ 300.000,00 para aquisição de equipamento e material permanente. (Paga em 21-12-20)
  • R$ 600.000,00 para custeio logístico e hospitalar (paga em 23-12-19)

2 ITAPUÃ DO OESTE R$ 766.707,00

  • R$ 201.468,00 para custeio ao piso de Atenção Básica. (paga em 27-11-20)
  • R$ 449.975,00 para aquisição de equipamento e material permanente (pago em 21-12-20);
  • R$ 115.264,00 para aquisição de equipamento e material permanente (Pago em 21-12-20);

3 MACHADINHO D’OESTE R$ 1.099.994,00

  • R$ 450.000,00 para custeio ao piso de Atenção Básica. (paga em 27-11-2020)
  • R$ 600.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20)
  • R$ 49.994,00 para aquisição de equipamento. (paga em 28-04-20);

4 VILHENA R$ 2.300.000,00

  • R$ 1.800.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20)
  • R$ 500 mil para custeio da Média e Alta Complexidade. (paga em 30-04-20);
  • 10 respiradores

5 ESPIGÃO DO OESTE R$ 1.000.000,00

  • R$ 500.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);
  • R$ 300.000,00 para custeio ao piso da atenção básica. (paga em 28-04-20);
  • R$ 000,00 para aquisição de material para atenção básica de saúde. (paga em 23-04-20).

6  GUAJARÁ́-MIRIM – R$ 1.950.000,00 

  • R$ 600.000,00 para o custeio ao piso de atenção básica. (paga em 28-04-20)
  • R$ 350.000,00, para custeio logístico (combustível, material de consumo) e hospitalar (material penso, insumos) para funcionamento de unidades hospitalares. (Paga em 23-04-20)
  • R$ 1.000.000,00 para funcionamento do barco hospital de Guajará-Mirim. Recurso via Governo do estado. (paga em 23-12-19)

7  BURITIS R$ 500.000,00

  • R$ 500.000,00, para custeio ao piso de Atenção Básica. (paga em 27-11-20);

8  RIO CRESPO – R$ 250.000,00

  • R$ 25.000,00, para custeio ao piso de Atenção Básica. (paga em 27-11-20);
  • R$ 225.000,00 para aquisição de equipamento e material permanente. (Paga em 21-12-20)

9  VALE DO ANARI R$ 25.000,00

  • R$ 25.000,00, para custeio ao piso de Atenção Básica. (paga em 27-11-20);

10  CACOAL – R$ 1.600.000,00

  • R$ 1.600.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);
  • 20 respiradores;

11  CEREJEIRAS R$ 67.557,00

  • R$ 67.557,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

12  COLORADO DO OESTE R$ 421.244,00

  • R$ 421.244,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

13  JARU – R$ 600.000,00

  • R$ 600.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

14 OURO PRETO DO OESTE – R$ 676.766,00

  • R$ 676.766,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

15  PRESIDENTE MÉDICI – R$ 700.000,00

  • R$ 700.000,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

16 SÃO FRANCISCO DO GUAPORÉ – R$ 407.329,00

  • R$ 407.329,00 para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Coronavírus – COVID 19 (paga em 14-07-20);

 17 MONTE NEGRO – R$ 249.761,00  

  • R$ 225.000,00 para aquisição de equipamento de saúde do município. (paga em 29-06-20);
  • R$ 24.761,00 para aquisição de equipamento de saúde do município. (Paga em 21-12-20);

18 ALTO PARAÍSO – R$ 225.000,00

  • R$ 225.000,00 para aquisição de equipamento e material permanente em saúde. (pago em 29-06-20);

19 ALTO ALEGRE DOS PARECIS – R$ 500.000,00

  • R$ 300.000,00 para o custeio ao piso da atenção básica COVID-19.(pago em 28-04-20)
  • R$ 200.000,00 para o custeio ao piso da atenção básica. (pago em 28-04-20)

20 CAMPO NOVO DE RONDÔNIA – R$ 720.000,00

  • R$ 270.000,00 para o custeio ao piso de atenção básica (paga em 28-04-20);
  • R$ 450.000,00 para o custeio ao piso de atenção básica Covid-19. (paga em 28-04-20);

21 CANDEIAS DO JAMARI – R$ 400.000,00

  • R$ 400.000,00 para custeio ao piso de atenção básica. (paga em 28-04-20)

22 NOVA MAMORÉ – R$ 600.000.00

  • R$ 600.000,00 para custeio ao piso da atenção básica (pago em 28-04-20)

23  ROLIM DE MOURA – R$ 149.929,00

  • R$ 929,00 para aquisição de equipamento e material permanente para unidade de atenção especializada em saúde. (paga em 28-04-20);

24  PORTO VELHO R$ 1.000.000,00

  • R$ 1.000.000,00 para custeio logístico e hospitalar para funcionamento do Hospital do Amor da Amazônia; (Paga em 23-12-19);

25  THEOBROMA R$ 249.859,00

  • R$ 249.859,00 para aquisição de equipamento. (Paga em 21-12-20)

Asessoria

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

Falta de matéria-prima importada ameaça fabricação de imunizantes contra a covid no país. IFA que chegaria esta semana para o Butantan só desembarca na...