Rondônia

Corpo de Bombeiros presta apoio aos servidores na atualização cadastral

Em colaboração com os servidores públicos do Estado que precisam fazer a atualização cadastral, o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) está realizando um importante trabalho de orientação e até de ajuda para realização do serviço cadastral, com uma base móvel (micro-ônibus) instalada no estacionamento do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, registrando uma média de 30 atendimentos diários.

Todo o trabalho é feito com apoio da Polícia Militar do Estado de Rondônia, que cedeu o micro-ônibus de monitoramento comunitário do 5º Batalhão, dotado de todos os recursos para realização do trabalho.

A iniciativa foi elogiada pela servidora Edneuza Teixeira Garcias, da Secretaria de Saúde (Hospital João Paulo II). Ela agradeceu aos técnicos e à corporação destacando que já havia tentado várias vezes realizar a atualização cadastral, o que só foi possível com o apoio da equipe que atua na unidade móvel.

De acordo com o soldado PM Paulo Cleidson Moraes, responsável pelo comando operacional do micro-ônibus de monitoramento, o trabalho de apoio aos servidores, que está sendo prestado desde o último dia 29 de janeiro no estacionamento do CPA, vai continuar em outras repartições do Governo do Estado, obedecendo a uma programação da Superintendência Estadual de Gestão de Pessoas (Segep), sob o comando do tenente bombeiro Alex Fernando da Silva, da Comissão de Atualização Cadastral.

A partir desta quarta-feira (5), de acordo com a programação, o micro-ônibus será trasportado para o estacionamento do Hospital de Base e ficará ali até sexta-feira (7), para orientar e ajudar os servidores, e em seguida levado ao Hospital João Paulo II por dois dias, e retornará ao estacionamento do CPA.

COMO FAZER A ATUALIZAÇÃO

A Administração Estadual tem divulgado por todos os meios de comunicação, a importância e necessidade da realização da atualização cadastral do servidor, eis que o procedimento implica no resguardo das informações sobre cada servidor, servindo de subsídio aos atos da Administração dirigidos à sua vida profissional. Importa lembrar que a não realização da atualização cadastral também implica na suspensão do pagamento dos proventos salariais do servidor.

Assim, conforme já divulgado, os requisitos para realizar a atualização cadastral começa com os dados pessoais do servidor, como CPF, nome, data de nascimento, tipo sanguíneo, raça, nacionalidade, país de nascimento, estado, naturalidade, sexo, filiação e estado civil, ponto em que é exigido que se junte comprovante do estado civil – Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Escritura Pública de União Estável ou Declaração de União Estável registrada em cartório com firma “por verdadeiro” -, entre outras informações que vão de endereço residencial, dependentes e cursos profissionalizantes.

 


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia