Esporte

Coutinho, ex-atacante da seleção de 1962, morre aos 75 anos

O ex-atacante do Santos Futebol Clube e da seleção brasileira, Coutinho, faleceu na noite desta segunda-feira (12), de parada cardíaca aos 75 anos, em Santos, litoral de São Paulo.

O campeão da Copa do Mundo de 1962 foi vítima de um infarto agudo do miocárdio em decorrência de diabetes e hipertensão arterial sistêmica, segundo equipe médica.

Famoso por formar uma dupla de ataque com Pelé, o ex-jogador estava na casa da filha quando passou mal. Seu corpo é velado no Salão de Mármore da Vila Belmiro e, segundo o clube, o sepultamento acontecerá às 18h no Memorial Necrópole Ecumênica da cidade. Em janeiro passado, Coutinho já havia sido hospitalizado. Em decorrência da diabetes, ele chegou a amputar três dedos do pé esquerdo. Antonio Wilson Honório e Pelé foram destaque mundial ao formar uma das maiores duplas de ataque da história do futebol. Os dois jogaram juntos em 1950 e 1960.

Ao longo de sua carreira, Coutinho defendeu o Santos em 457 partidas e anotou 368 gols, o que lhe garantiu o posto de terceiro maior artilheiro da história do time. (ANSA).

Coutinho do lado esquerdo, e o Pelé á direita, ambos fizeram uma das maiores duplas de atacantes da historia do futebol.
“É uma grande perda. A tabelinha Pelé-Coutinho fez o Brasil ficar mais conhecido no mundo todo. Tenho certeza que um dia faremos tabelinha no céu”, disse Pelé.

-Fonte: Uol Notícias

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios