politica

Deputado Jair Montes faz duro pronunciamento contra Elias Rezende e declara guerra ao DER

Egresso da Sedam, o policial penal Elias Rezende, atual diretor geral do DER, está sendo alvo de críticas de parlamentares, inclusive do vice-líder do governo, Jair Montes (Avante). Após deixar a Sedam surgiram denúncias contra ele, de assédio moral, perseguição e tratamento como presidiários. No DER, a saga de Elias Rezende continua, pois alega que tem todo o apoio do governador Marcos Rocha, que já foi chefe dele na Sejus.

Desta vez Elias foi mais longe e atraiu a ira de dois deputados estaduais, Marcelo Cruz (PTB) e Jair Montes (Avante), vice líder do governo na Assembleia Legislativa. Tudo porque o todo poderoso diretor do DER retirou as máquinas que estavam fazendo serviço em Porto Velho. Jair Montes declara guerra e diz: ou Elias resolve a questão ou eu saio (na vice-liderança do governo).

Veja vídeo abaixo.

O DER também é motivo de várias denúncias como os 18 milhões pagos pela ponte do Anel Viário em Ji-Paraná depois de concluída. O valor foi uma decisão do tribunal arbitral de Ji-Paraná. Um absurdo depois da ponte concluída e entregue, a empresa recorrer de valores dizendo que teve prejuízos.

Outra denúncia no DER diz respeito a Adriano Furtunato, diretor do COF. Furtunato é acusado também de assédio moral, perseguição e teria total apoio do governador Marcos Rocha. O DER já foi um órgão de respeito. Hoje está essa esculhambação, onde o governador não manda.

Assessoria