Connect with us

Hi, what are you looking for?

politica

Deputados aprovaram medidas para acesso a alimentos e socorro a idosos em asilos

Ione Moreno/Prefeitura de Manaus

Foram assegurados recursos da merenda e escola e viabilizada a distribuição de alimentos excedentes já preparados por empresa e instituições. Asilos de idosos também foram contemplados com recursos

Em plena pandemia, a Câmara dos Deputados adaptou seu sistema de votação em Plenário para viabilizar a tramitação de projetos que ajudaram no enfrentamento do novo coronavírus, que já vitimou mais de 190 mil pessoas no Brasil. Com foco no socorro imediato às famílias mais vulneráveis à crise, foram aprovadas quatro propostas importantes, três delas já viraram lei.

A aprovação de dois projetos de lei viabilizou a distribuição de alimentos às famílias de estudantes que tiveram as aulas suspensas por causa das medidas de isolamento social.

O primeiro deles foi o PL 786/20, do deputado Hildo Rocha (MDB-MA), que já foi transformado na Lei 13.987/20, garantindo a distribuição dos alimentos da merenda escolar às famílias dos estudantes da educação básica da rede pública.

Para isso, o texto assegura que o dinheiro Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) continuará a ser repassado pela União a estados, municípios e Distrito Federal para a compra de merenda escolar, mesmo com aulas suspensas.

Segundo o Censo Escolar 2019, o Brasil tem quase 39 milhões de crianças e adolescentes matriculados na rede pública de educação básica.

Já o Projeto de Lei 2159/20, do deputado Eduardo Braide (Pode-MA), está em análise no Senado e autoriza a distribuição dos gêneros alimentícios da merenda escolar às famílias dos alunos de escolas comunitárias, confessionais ou filantrópicas.

Doação de alimentos
Outro projeto aprovado relacionado à alimentação dos mais pobres é o PL 1194/20, do Senado, que incentiva empresas, restaurantes, supermercados e outros estabelecimentos a doarem alimentos e refeições excedentes para pessoas em situação de vulnerabilidade ou de risco alimentar.

O projeto já virou lei (Lei 14.016/20) e restringe a responsabilidade cível e criminal do doador ou intermediário (responsável final por levar os alimentos até o público-alvo) aos danos causados pelos alimentos se agirem com dolo.

Empresas, supermercados, cooperativas, restaurantes, lanchonetes e até hospitais podem doar os produtos não consumidos, sejam in natura, industrializados ou refeições prontas para o consumo, mas os produtos deverão estar dentro do prazo de validade, nas condições de conservação especificadas pelo fabricante e sem comprometimento da integridade e segurança sanitária.

Auxílio a asilos
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ainda uma ajuda de R$ 160 milhões para instituições de longa permanência de idosos enfrentarem o novo coronavírus. O Projeto de Lei 1888/20, da deputada Leandre (PV-PR) e outros, foi transformado na Lei 14.018/20.

Segundo o texto, poderão ser usados recursos do Fundo Nacional do Idoso, preferencialmente em ações de prevenção e de controle da infecção dentro dessas instituições, para a compra de insumos e de equipamentos básicos para segurança e higiene dos residentes e funcionários; para a compra de medicamentos; e para a adequação dos espaços para isolamento dos casos suspeitos e leves.

O rateio considerará o número de idosos atendidos em cada instituição.

Câmara de Notícias

 

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Rondônia

O avanço da covid-19 mantém Rondônia ainda em situação crítica para doença e a população precisa ficar atenta às restrições implementadas pelo Governo de...