Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Capital

Dia Nacional de Multivacinação e Dia ‘V’ de vacinação contra a covid-19 acontecem neste sábado (16)

Uma grande mobilização está sendo feita pela Prefeitura Municipal para tornar o sábado (16), Dia Nacional de Multivacinação e Dia “V” de vacinação contra a covid-19, um acontecimento marcante para a saúde dos moradores de Porto Velho. Todas as unidades de saúde da capital abrirão das 8h às 17h para imunização, inclusive para evitar que doenças como o sarampo, que já foi erradicada, voltem a atingir a população.

Neste dia, pelo menos 380 profissionais da saúde, a maioria funcionários da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), estarão cedo nas 19 unidades da capital montando a estrutura para o atendimento.

Nos dias que antecedem a grande operação, detalhes como transporte, computadores, serviços de internet, ambiente para vacinar, almoço e lanches para as equipes foram detalhados e providenciados.

Em cada posto haverá uma sala para multivacinação e três para vacinação contra a covid-19, com 1ª, 2ª e 3ª doses.

Ao abrir as unidades de saúde para atender com as vacinas, a Semusa segue ampliando as possibilidades para que mais pessoas tenham acesso à proteção contra a covid-19 e também contra outras doenças.

LOGÍSTICA

A vacinação que seria realizada na escola estadual Capitão Cláudio, no bairro Cidade do Lobo, foi suspensa. Os moradores da região serão atendidos na Unidade de Saúde da Família Renato Madeiros, que fica no mesmo bairro.

Cartão de vacinas também deve ser apresentado

Cartão de vacinas também deve ser apresentado

A unidade de saúde da Vila Princesa também não atenderá porque durante a semana, em parceria com a Universidade Federal de Rondônia (Unir), a vacinação foi realizada casa a casa.

Haverá atendimento também nos distritos de Calama, Nova Califórnia e Jaci-Paraná. Nos demais, a multivacinação será feita no final de semana seguinte. No domingo, o posto de Nova Califórnia abrirá para a multivacinação.

Neste dia não haverá atendimento no Porto Velho Shopping porque as equipes estarão distribuídas por toda a cidade.

“Com a multivacinação vamos atualizar a caderneta de vacinas. Isto é aplicar imunizantes para evitar que doenças que já foram erradicadas voltem a causar transtornos”, explica Elizeth Gomes, gerente de Imunização da Semusa.

DOCUMENTOS

Para a multivacinação, os pais devem apresentar o cartão do SUS dos filhos. O documento contém informações sobre as crianças, como o histórico de doenças e até detalhes que não estão no cartão de vacinas.

O cartão de vacinas também deve ser apresentado para que seja conferido se a criança recebeu todos os imunizantes previstos. É importante também para quem vai tomar a 2ª e a 3ª do imunizante contra a covid-19.

Sobre a pandemia, Elizeth Gomes lembra que a vacina é a melhor forma de garantir que as festas de fim de ano possam ser comemoradas com segurança. “A vacina protege. E sem risco, as pessoas podem se reunir e confraternizar no Natal, por exemplo”, disse ela.

 

Assessoria

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...