Mundo

El Salvador permite entrada de 1.235 hondurenhos em meio a crise migratória

As autoridades de El Salvador permitiram a entrada de 1.235 hondurenhos no território do país em meio à crise migratória na região, e na qual duas caravanas tentam chegar aos Estados Unidos.

“Não poderíamos dizer que todos estão acompanhando uma caravana (que tem o objetivo de chegar aos EUA), informou nesta quinta-feira à Agência Efe um porta-voz da Direção Geral de Migração e de Estrangeiros salvadorenha.

Segundo o órgão, na quarta-feira 835 hondurenhos chegaram a El Salvador, e até as 13h de hoje (horário local; 16h de Brasília) passaram pela fronteira El Amatillo, a mais de 190 quilômetros da capital, 400 cidadãos do país vizinho.

Outras 20 pessoas que não conseguiram passar ontem pela fronteira por falta de documentos, atravessaram na manhã de hoje o rio Guascorán, apesar da cheia causada por fortes chuvas. Alguns deles disseram à Agência Efe que não pretendem ficar em El Salvador e que estão de passagem para se encontrar com compatriotas e irem juntos aos Estados Unidos.

Os imigrantes, na maioria mulheres e menores de idade, decidiram começar a viagem aos EUA depois que o presidente Donald Trump ameaçou retirar “imediatamente” a ajuda que concede a Honduras e até fechar a fronteira com o México se outra caravana de hondurenhos – de 3 mil pessoas, segundo a ONU, e que cruza a Guatemala – não for impedida antes de chegar ao país.

Agência EFE

O Rondoniense
Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios