Destaques politica

Em entrevista, Laerte Gomes fala sobre Projeto de Lei do Governo sobre perdão de dívidas de grandes empresas

Reprodução

Na tarde desta segunda – feira (20), o presidente da Assembleia Legislativa (Ale) de Rondônia, deputado Laerte Gomes (PSDB) concedeu uma entrevista coletiva para esclarecer sobre as ações da Casa em relação ao projeto que beneficiava a Energisa e outras 213 de empresas com um abatimento em dívidas co m o Estado que somam os R$ 10 bilhões.

De acordo com o presidente da ALE, o valor que seria perdoado no Projeto de Lei do Governo ultrapassaria os R$ 6 bilhões. Vale ressaltar que após pressão popular o Governo do Estado retirou a proposta da pauta do Legislativo.

A empresa com maior dívida é a Energia Sustentável do Brasil – JIRAU, que deve R$ 2,5 bilhões, logo em seguida vem a Energisa, com uma dívida que ultrapassa os R$ 2 bilhões. Empresas com grandes lucros estão na lista, entre elas a JBS, que deve aproximadamente R$ 400 milhões à Rondônia.

Outro projeto

Laerte Gomes também falou sobre outro projeto encaminhado à Casa de Leis Estadual que daria ao governo o poder de aumentar os prazos das dívidas, anistiar juros e multas. “Do mesmo lado tiraram uma matéria, e ao mesmo tempo tem outra aqui dentro da Casa que beneficia essas mesmas empresas”. Disse.

O Presidente Laerte Gomes, afirma que a ALE/RO ouviu a voz das ruas e segurou o projeto para que não fosse votado, mesmo com a vontade de Governo em passar essa pauta de forma rápida.

“Ninguém aqui é contra discutir a negociação de dívidas, mas tem que ser justo, porque quem tem para receber é o Estado. Esse parlamento vai seguir tudo que o regimento diz, mas acreditamos que o momento não é esse para esse perdão”, falou Laerte Gomes.

O presidente do Poder Legislativo ainda garantiu que a Casa está disposta a debater essa matéria às claras, buscando o máximo de compensação ao estado de Rondônia.

Confira a entrevista na íntegra:

*Contribuição inicial do Rondoniaovivo