Capital Educação

ENEM – Aulão movimenta cerca de 3 mil estudantes da rede pública estadual em Porto Velho

Above

O governo de Rondônia está realizando a quarta edição do Aulão na Rede para os estudantes do 3° ano do ensino médio da rede pública em Porto Velho, com o objetivo de preparar os estudantes para as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), em novembro. O evento conta com a parceria da Rede Amazônica e Sesi e outras instituições de ensino privado.

De acordo com a Diretoria Geral de Educação da Secretaria de Estado da Educação (DGE/Seduc), na última quarta-feira (16) aproximadamente 1.500 alunos lotaram o Centro de Convivência do Sesi para receber instruções, dicas e macetes que irão preparar melhor os estudantes para o Enem, que se tornou o principal método de ingresso nas instituições públicas de nível superior do país. E nesta quinta-feira (17) mais 1.500 estudantes estarão participando do evento.

Diretores, professores, técnicos e coordenadores da rede estadual e de outras instituições de ensino participam e dão suporte ao evento que conta com aulas dinâmicas, motivadoras e inovadoras, com ginásticas laboral, para tirar a tensão dos alunos e até a utilização de recursos audiovisuais para a melhor compreensão dos estudantes, nas cinco aulas que são ministradas das 13h30 às 18h durante estes dois dias. Toda metodologia que envolve o Enem estão sendo trabalhadas com os 3 mil estudantes que participam do Aulão, para garantir um melhor resultado nas avaliações do Enem.

Para o professor de Física da Universidade Federal de Rondônia (Unir), Denizio Junior, o Aulão na Rede é um evento de grande importância, pois está preparando o estudante deixando-o mais equilibrado e focado para fazer as provas do Enem, que serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro. “No segundo dia de prova, será o da avaliação da matéria que eu leciono, e não é uma matéria complicada, apenas requer um pouco mais de atenção do aluno, pois e o estudante não pode confundir física com matemática, é uma disciplina muito algebrista, com traduções de conceitos e que nós iremos transmitir tudo no Aulão, para que o aluno possa usar na hora das avaliações do Enem”, pontuou o professor.

Below