Connect with us

Hi, what are you looking for?

Brasil

Espírto Santo começa a receber pacientes vindos de Rondônia para tratar Covid-19

G1 – A primeira paciente de Rondônia chegou ao Espírito Santo na tarde deste domingo (7) para dar continuidade ao tratamento contra a Covid-19.

Inicialmente, a previsão do governo estadual era de que todos os outros 14 rondonienses que serão tratados no estado chegassem também neste domingo. No entanto, esta reportagem foi atualizada, já que a vinda deles foi adiada para os próximos dias, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

O voo particular no qual a paciente de 52 anos foi transportada chegou ao Aeroporto de Vitória por volta das 14 horas. Uma ambulância já aguardava na pista para fazer o transporte da mulher até o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, onde ela e os demais pacientes serão internados.

Ajuda à Rondônia

Após receber 36 pacientes de Manaus, capital do Amazonas, o Espírito Santo anunciou neste domingo (7) que também receberia os 15 pacientes vindos de Rondônia.

A medida foi anunciada pelo governador Renato Casagrande em suas redes sociais. “Vamos receber na nossa estrutura de saúde 15 pacientes de Rondônia para tratamento da Covid. Nosso objetivo é salvar vidas e o ES está sendo solidário em um momento de dificuldades de outros estados. Sempre que for possível, o Espírito Santo estenderá as mãos para cuidar de quem mais precisa”, disse o governador.

Após a chegada ao Aeroporto de Vitória, os pacientes serão encaminhados em ambulâncias para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Este é o mesmo hospital onde os pacientes de Manaus foram atendidos.

De acordo com a Sesa, as transferências serão feitas por meio do serviço de UTI Aérea, contratado pelo Governo do Estado de Rondônia. O processo de regulação acontece em parceria entre as Secretarias de Saúde dos estados.

O secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, também se manifestou sobre o assunto.

“O Sistema Único de Saúde se organiza e se mobiliza para responder a esta grave crise sanitária que vivenciamos. Temos plenas condições de receber estes pacientes sem comprometer a garantia do acesso dos capixabas aos leitos Covid. Há 14 dias registramos no Estado uma queda da ocupação hospitalar. Estamos há uma semana com menos de 500 pacientes/dia internados”.

Segundo a Sesa, todos os pacientes ficarão em leitos de UTI, passarão por avaliação médica e ficarão em setor separado, inclusive dos pacientes de Manaus. O Serviço de Assistência Social estará em constante monitoramento da evolução do quadro clínico, com apresentação de boletins diários, que serão por telefone e webconferência.

G1

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Rondônia

O avanço da covid-19 mantém Rondônia ainda em situação crítica para doença e a população precisa ficar atenta às restrições implementadas pelo Governo de...