Connect with us

Hi, what are you looking for?

Brasil

Espírto Santo começa a receber pacientes vindos de Rondônia para tratar Covid-19

G1 – A primeira paciente de Rondônia chegou ao Espírito Santo na tarde deste domingo (7) para dar continuidade ao tratamento contra a Covid-19.

Inicialmente, a previsão do governo estadual era de que todos os outros 14 rondonienses que serão tratados no estado chegassem também neste domingo. No entanto, esta reportagem foi atualizada, já que a vinda deles foi adiada para os próximos dias, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

O voo particular no qual a paciente de 52 anos foi transportada chegou ao Aeroporto de Vitória por volta das 14 horas. Uma ambulância já aguardava na pista para fazer o transporte da mulher até o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra, onde ela e os demais pacientes serão internados.

Ajuda à Rondônia

Após receber 36 pacientes de Manaus, capital do Amazonas, o Espírito Santo anunciou neste domingo (7) que também receberia os 15 pacientes vindos de Rondônia.

A medida foi anunciada pelo governador Renato Casagrande em suas redes sociais. “Vamos receber na nossa estrutura de saúde 15 pacientes de Rondônia para tratamento da Covid. Nosso objetivo é salvar vidas e o ES está sendo solidário em um momento de dificuldades de outros estados. Sempre que for possível, o Espírito Santo estenderá as mãos para cuidar de quem mais precisa”, disse o governador.

Após a chegada ao Aeroporto de Vitória, os pacientes serão encaminhados em ambulâncias para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. Este é o mesmo hospital onde os pacientes de Manaus foram atendidos.

De acordo com a Sesa, as transferências serão feitas por meio do serviço de UTI Aérea, contratado pelo Governo do Estado de Rondônia. O processo de regulação acontece em parceria entre as Secretarias de Saúde dos estados.

O secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, também se manifestou sobre o assunto.

“O Sistema Único de Saúde se organiza e se mobiliza para responder a esta grave crise sanitária que vivenciamos. Temos plenas condições de receber estes pacientes sem comprometer a garantia do acesso dos capixabas aos leitos Covid. Há 14 dias registramos no Estado uma queda da ocupação hospitalar. Estamos há uma semana com menos de 500 pacientes/dia internados”.

Segundo a Sesa, todos os pacientes ficarão em leitos de UTI, passarão por avaliação médica e ficarão em setor separado, inclusive dos pacientes de Manaus. O Serviço de Assistência Social estará em constante monitoramento da evolução do quadro clínico, com apresentação de boletins diários, que serão por telefone e webconferência.

G1

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Mundo

Atualmente, é comum que navegadores de internet como o Google Chrome ou o Safari já venham de fábrica instalados diretamente nos sistemas operacionais. Porém,...