Capital

Estacionamento rotatório Zona Azul é o novo projeto da Prefeitura de Porto Velho.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Rondônia (Fecomércio) anunciou nesta ultima sexta-feira (5), junto com o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, encaminhou à Câmara Municipal o projeto de Lei que autoriza o funcionamento de estacionamento rotativo pago, a chamada Zona Sul, na cidade. A entidade explica que a decisão atende a uma reivindicação de quase seis anos da própria Fecomércio, Sindicato dos Lojistas, Associação Comercial de Rondônia (ACR), Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Velho (CDL) e da classe empresarial, que consideram a implantação fundamental para o aquecimento do comércio no município.

A proposta ainda não tem data para a votação, mas, os empresários de Porto Velho esperam que aconteça o mais rápido possível, “uma vez que, depois de transformada em Lei, ainda terá que ser feita a licitação para o sistema ser gerido pela empresa vencedora”.

O presidente da Fecomércio e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio-CNC, Raniery Araujo Coelho, agradeceu ao prefeito em nome das entidades e dos empresários e disse que espera que os vereadores compreendam a necessidade de rapidez e apoio ao projeto.

No novo sistema, as áreas e o tempo do estacionamento serão definidos em regulamento. O condutor terá o comprovante de pagamento e poderá pagar por meio eletrônico, o que irá facilitar bastante sua utilização.

Raniery Coelho destacou ainda que os lojistas receberam a notícia com satisfação e que o estacionamento rotativo, sem dúvida, é um fator importante para melhorar os resultados do comércio e acesso aos centros comerciais. “É muito bom ver a administração municipal atenta as reivindicações dos nossos comerciantes. Precisamos melhorar a economia da nossa capital e com certeza a atividade comercial é uma das principais fontes que mantém o crescimento econômico na cidade”, disse o presidente da Fecomércio.

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios