Capital

Estudantes quilombolas realizam city tour em Porto Velho em alusão à Semana da Consciência Negra

Above

Em comemoração à Semana da Consciência Negra, o Governo de Rondônia viabilizou um City Tour para estudantes e professores das comunidades quilombos de Pedras Negras e Santo Antônio, localizadas no município de São Francisco, conhecerem os principais pontos turísticos, históricos, e institucionais da Capital do Estado.

Rondônia conta com oito comunidades quilombolas, localizadas no vale do Guaporé (Costa Marques, São Francisco, São Miguel e Alta Floresta), sendo que cinco comunidades possuem escolas, com cerca de 380 alunos atendidos pela rede estadual de ensino, em parceria com o município.

De acordo com a professora Raimunda Erineide Rodrigues, que atua na comunidade quilombola de Pedras Negras, a ideia de levar os estudantes para a Capital faz parte do projeto Semana da Consciência Negra, que cumpriu uma extensa programação aos principais pontos

turísticos de Porto Velho. “Nós temos estudantes que nunca saíram das comunidades em que vivem. Este momento está sendo de grande importância para eles, pois as comunidades são distante de Porto Velho. Para muitos, tudo é novidade, desde o inicio da viagem, a estadia no hotel, a visita aos memoriais e até o cinema, que foi tema do Enem neste ano, muitos deles estarão conhecendo pela primeira vez”, disse.

Em visita ao Museu da Memória Rondoniense, que está com exposição alusiva à Semana da Consciência Negra, os estudantes apreciaram a exposição fotográfica sobre a Festa do Divino, que faz parte da cultura quilombola.

Para o estudante Sabino Emanuel de França, de 14 anos, da Escola Municipal Euclides da Cunha, da comunidade de Pedras Negras, a viagem é muito gratificante, pois é a primeira vez que ele vista Porto Velho.  “Estou muito feliz em ver estas fotografias da nossa comunidade em exposição aqui no Museu, pois é um reconhecimento para o nosso povo”, disse.

A professora Rosália Cunha Aranha, da comunidade Santo Antônia, disse que visitar a Capital com os estudantes está sendo de grande valia para eles, e poder encontrar uma exposição de artes fotográficas no Museu de Memorias é de grande relevância. “É uma grande surpresa pra nós, pois sempre ouvimos falar no Museu, e nos pontos históricos de Porto Velho, e poder encontrar obras que retratam nossa comunidade, isso nos deixa muito feliz, e vemos que nossa região não está esquecida. Isso nós iremos levar para nossas comunidades”, expressou.

SEDE DO EXECUTIVO

Outro ponto de visita dos estudantes a Porto Velho foi o Palácio Rio Madeira, sede do Poder Executivo, em Porto Velho.

Durante a visita, os alunos conheceram diversas secretarias, entre elas a de Educação, onde foram recebidos pelo secretário Suamy Vivecananda e discutida as Diretrizes Curriculares Nacionais para a educação escolar Quilombola. “O Estado possui um conjunto de comunidades quilombolas, e o Governo de Rondônia está empenhado em levar uma educação de qualidade a todas as comunidades do Estado.  Neste ano, o nosso Plano Plurianual (PPA) prevê a construção de mais sete escolas para atender estas comunidades, para que eles tenham uma educação mais igualitária possível às demais instituições escolares do Estado”, pontuou.

Na programação, aconteceu a solenidade de moção de aplauso na Câmara Municipal de Porto Velho e moção de louvor na Assembleia Legislativa do Estado, em alusão à Semana da Consciência Negra. Também foi realizada uma roda de conversa organizada pela equipe do Museu da Memória Rondoniense,  visita ao Memorial Cândido Rondon, à Biblioteca Francisco Meirelles, Catedral Sagrado Coração de Jesus e, por fim, nesta quinta-feira (21) uma sessão de cinema no shopping da cidade para que os estudantes conheçam de perto um dos assunto que foi tema do Enem deste ano.


Fonte
Texto: Cléber Souza
Fotos: Walteir Costa/ Cléber Souza / Jean Carlos
Secom – Governo de Rondônia

Below