Mundo Saúde

Europa vê 2 mortes e diversos casos de síndrome ligada à Covid em crianças

Uma professora mede a temperatura de uma criança na frente de um colégio na Bélgica. 15/05/2020. REUTERS/Johanna Geron.

Uma nova síndrome inflamatória potencialmente fatal associada à Covid-19 afetou 230 crianças na Europa e já matou duas neste ano, disse um organismo de saúde regional nesta sexta-feira, e médicos de todo o mundo foram orientados a ficar em alerta.

Sediado na Suíça, o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) disse em uma avaliação de risco que duas crianças sucumbiram à moléstia, uma no Reino Unido e uma na França.

Até agora, o novo coronavírus vitimou especialmente os idosos e as pessoas com problemas de saúde crônicos, mas relatos sobre a síndrome em crianças provocou o temor de que ela represente um risco maior do que se imaginava aos jovens.

Em um briefing em Genebra, a Organização Mundial da Saúde (OMS) exortou os clínicos a ficarem em alerta para a síndrome rara, mas alertou que os laços com a Covid-19 ainda não estão claros.

 

Por Reuters