Mundo

Ex-presidente da Wolkswagen responderá na justiça da Alemanha por fraude

O Tribunal de Braunschweig, na Alemanha, anunciou nesta quarta-feira que o ex-presidente do grupo Volkswagen Martin Winterkorn responderá criminalmente às acusações de fraude, relacionadas ao escândalo de falsificação de resultados de emissões de poluentes em motores a diesel.

O processo é aberto cinco anos depois de que o caso veio à tona, em setembro de 2015, nos Estados Unidos, e quase um ano e meio após o Ministério Público acusar o antigo dirigente. A manipulação em massa afetou quase 11 milhões de veículos em todo o mundo.

Por EFE